22.7 C
Serra
sexta-feira, 03 de julho de 2020

Veja um panorama dos principais pontos de alagamento da cidade

Leia também

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12...

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do...

Serra ultrapassa oito mil casos confirmados de coronavírus e atinge 320 mortes

Seguindo na liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Situação do bairro Lagoa, em Jacaraípe. Foto: Divulgação leitor

Segundo a Defesa Civil da Serra, durante a noite desta terça (12) e quarta (13) choveu menos do que o esperado no município, que era cerca de 45 milímetros.  Mas mesmo com esta afirmação, alguns pontos da cidade ficaram alagados com a chuva desta noite.

Em Jacaraípe, existem relatos de pontos de alagamentos na Avenida Minas Gerais e no bairro Lagoa. Em Balneário Carapebus, as ruas também estão cheias d’água. “Balneário de Carapebus está uma lástima devido a pavimentação não concluída pela prefeitura no prazo ao qual determinou”, diz Joelma Andrade.

Segundo o leitor do TEMPO NOVO, Vandernil Aparecido Alvarenga em Barcelona parte da Norte Sul está interditada. “Está uma vergonha qualquer garoa a lama interdita parte da Norte Sul sentido Laranjeiras, próximo a entrada de Taquara II”.

Na região da Serra Sede, no bairro Vista da Serra, moradores dizem que já tem água entrando nas casas. “Bairro Vista da Serra I já tem casa entrando água como sempre”, diz a leitora Rosimere Gomes.

Rua de Balneário Carapebus. Foto: Divulgação leitor

Moradores de José de Anchieta e bairros adjacentes estão ilhados. “José de Anchieta e Jardim Tropical está ilhado. Não tem como sair para a BR”, diz Claudia Maciel Souza.

Em Nova Almeida moradores falam de alguns pontos de alagamento, na principal via do bairro. “Nova Almeida muita chuva e vento”, diz Tati Capucho.

Em Novo Horizonte, também tem relatos de acumulados de água. Tem ponto de alagamento também na entrada de Colina de Laranjeiras, e em diversos pontos da rodovia BR 101.

A leitora Susana Cassundé também enviou fotos da estrada que liga Serra Sede ao Contorno, passando pelo Centro de Detenção Provisória do Queimado.  No local tem acumulado de água e lama.

Na Serra, a Defesa Civil está de plantão e atende pelos telefones 3338-1756 (das 12 às 18 horas), 199 (plantão 24 horas). Os telefones 99938-9500 e 99949-8612 também atendem em plantão.

Comentários

Mais notícias

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do acompanhante), que alterou a lei...

Serra ultrapassa oito mil casos confirmados de coronavírus e atinge 320 mortes

Seguindo na liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de oito mil moradores infectados e...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!