• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados
25.4 C
Serra
quinta-feira, 13 maio - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados

Tartarugas mortas na praia de Nova Almeida preocupam moradores

Leia também

Lixão em Novo Porto Canoa tira sono de moradores que pedem providência

Um imenso lixão está se formando na Avenida Amazonas, em Novo Porto Canoa, no terreno que fica em frente...

Festival apresenta 12 atrações musicais capixabas de diferentes estilos e linguagens

Doze atrações musicais capixabas com performances que entregam grito por diversidade e liberdade. E mais: dança, rock, fala, hip...

De mochilão e bicicleta, amigos vem pedalando da Argentina para conhecer belezas da Serra

Imagine conhecer o litoral brasileiro dando muitas pedaladas? Uma aventura e tanto, não é? Em busca da liberdade e...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Nos últimos dias pelo menos seis tartarugas mortas apareceram na praia de Nova Almeida, na Serra e tem preocupado moradores do balneário.

A última aparição de um animal morto se deu no dia 25 de abril na orla de Nova Almeida, chegando em Marbella, mas não é somente neste ponto que o problema acontece.

“Essa tartaruga morta é coisa recorrente aqui. Temos reclamado muito dessa situação, são redes clandestinas que o pessoal coloca a menos de 50 metros da praia. Perigo tanto para o banhista, quanto para os animais e ninguém toma providência”, denuncia o morador de  Marbella, identificado apenas como Hudson. Segundo ele, a tartaruga deve ter ficado presa em alguma rede de pescador.

“Triste este cenário, vir dar uma volta na orla e ter que ver essa situação. Tem acontecido demais, tem que tomar uma providência. Isso não pode acontecer. Nossas tartarugas estão ameaçadas, estão em perigo”, afirma Fernanda Vieira.

Samuel Lourenço disse ainda que no mesmo dia uma tartaruga apareceu viva e foi devolvida ao mar. “Uma sobrevivente. Mas já ouvi casos de tartaruga que apareceu estrangulada. Deve ter cresceu com a alça da garrafa pet em volta do pescoço e como cresceu com aquilo morreu estrangulada”.

Outros moradores também reclamam da situação e contam que já foram vistas pelo menos seis mortas nos últimos sete dias. “Segunda ou terça-feira eu vi em alto mar, cinco ou sete navios em Jacaraípe. Porque até um tempo atrás não tinha e agora está tendo demais. Não sei se tem ligação, mas antes nós víamos isto por aqui”, disse Edmilson Ramos.

Por conta desses problemas, os moradores fizeram um vídeo que estão veiculando pelos grupos de redes socais da comunidade como objetivo de conscientizar as pessoas.

Sobre este assunto, o TEMPO NOVO procurou a Prefeitura da Serra que disse que a Secretaria de Meio Ambiente da Serra enviou uma equipe da fiscalização ambiental para averiguar a possível irregularidade e os animais não foram encontrados.

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!