• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados
22.9 C
Serra
quinta-feira, 04 março - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados
'Cestas básicas' para famílias

Serra vai distribuir mais de 60 mil kits de alimentação para alunos da rede municipal

Leia também

Festival Voadora terá 12 shows autorais com destaques da música capixaba  

Cento e oitenta e seis projetos foram inscritos para o processo de seleção do Festival Voadora, cujas apresentações acontecem entre...

Detran implanta exame teórico digital na Ciretran Serra Sede e facilita vida de moradores

O município da Serra receberá mais uma Sala de Exames Teóricos digital do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito...

Vereador defende regulamentação do serviço de mototáxi na Serra

  Por meio do Projeto Indicativo de Lei 43/2021, o vereador Pablo Muribeca (Patriota) defende a regulamentação do serviço de...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Kit de alimentação será distribuído para alunos da rede municipal. Foto: Everton Nunes

Com o objetivo de ajudar famílias da cidade em meio à pandemia causada pelo novo coronavírus, a Prefeitura da Serra vai começar a distribuir, a partir da próxima segunda-feira (22), 65 mil kits de alimentação para alunos matriculados na rede municipal de ensino. Ao todo, 65.847 crianças e adolescentes serão beneficiados. A ‘cesta básica’ é composta por arroz, feijão, leite em pó, biscoito, bebida láctea, açúcar e óleo, entre outros mantimentos.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Sedu), as famílias não precisam procurar as escolas ou fazerem algum tipo de cadastro. Isso porque as unidades de ensino da Serra vão utilizar grupos de WhatsApp, informativos e até rádios comunitárias para fazer a divulgação às famílias e organizar a entrega dos kits.

Por dia, serão distribuídos quatro mil kits aos estudantes, que deverão estar devidamente matriculados. As unidades que vão iniciar a distribuição são Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Antônio Vieira de Rezende e o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) João Carvalho de Souza, ambas no bairro Central Carapina.

O secretário de Educação da Serra, Alessandro Bermudes destacou que nesse momento delicado para a economia de muitas famílias, é papel também do município dar suporte à alimentação dos alunos, tendo em vista que boa parte deles tem a merenda escolar como principal refeição do dia.

“Nossas crianças e adolescentes precisam não só da segurança e qualidade de ensino nessa volta às aulas. Uma boa alimentação é primordial para a concentração e o aprendizado dos alunos”, declarou Bermudes.

Problemas na gestão passada

Durante o ano passado, a prefeitura – sob o comando do então prefeito Audifax Barcelos (Rede) – foi alvo de críticas por conta da distribuição de cestas básicas. Em alguns casos, moradores denunciaram até entrega de verduras estragadas e cheias de bichos, como mostrou o TEMPO NOVO na ocasião (veja as denúncias e o que disse a administração passada). Além disso, a quantidade de alimentos recebidos também não agradou muitas famílias.

Volta às aulas na Serra

Conforme já informado anteriormente pelo TEMPO NOVO, a Prefeitura da Serra decidiu retornar com as aulas presenciais da escolas da cidade a partir do dia 1º de março. O retorno será de forma gradativa e funcionará em sistema de rodizio.

1º de março: 8º e 9º anos – Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA)
15 de março: 6º e 7º anos – Ensino Fundamental
29 de março: 1º ao 5º ano – Ensino Fundamental

Já as atividades para alunos dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) da Serra serão retomadas de forma remota no dia 1º de março, para todas as turmas, considerando a Portaria Conjunta SEDU/SESA nº 1-R de 08/08/2020, artigo 21, que inclui crianças menores de 5 anos como grupo de risco.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Saiba mais
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!