• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.066 casos
  • 699 mortes
  • 33.566 curados
30.2 C
Serra
sexta-feira, 22 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.066 casos
  • 699 mortes
  • 33.566 curados

Serra é o primeiro município capixaba a aderir ao Programa Cidade Empreendedora do Sebrae

Leia também

Serra já vacinou 644 moradores contra a Covid-19 e campanha continua nesta sexta

Desde a última segunda-feira (18), a Serra já vacinou 644 pessoas com a primeira dose do imunizante contra o...

Jair Reis, morador antigo de Jacaraípe, morre por complicações da Covid-19

A pandemia de coronavírus fez a Serra perder mais um ilustre morador. Trata-se de Jair Reis que não resistiu...

Contarato diz que chefe do Ministério Público atua como ‘advogado de Bolsonaro’

O posicionamento considerado ‘omisso’ do Procurador-Geral da República, Augusto Aras, sobre a conduta de Jair Bolsonaro na crise sanitária...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

O prefeito eleito da Serra, Sérgio Vidigal, assinou o protocolo de intenções do Programa Cidade Empreendedora no Sebrae, na companhia do superintendente, Pedro Rigo e do diretor técnico, Luiz Toniato. Foto: Divulgação

A Serra foi a primeira das 78 cidades capixabas a assumir o compromisso com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae/ES) de trabalhar o empreendedorismo como prioridade da gestão.

O prefeito eleito da Serra, Sérgio Vidigal, assinou o protocolo de intenções do Programa Cidade Empreendedora na sede do Sebrae/ES, na companhia do superintendente, Pedro Rigo e do diretor técnico, Luiz Toniato.

O Programa Cidade Empreendedora tem como objetivo transformar a realidade dos municípios a partir do empreendedorismo, oferecendo um conjunto de ferramentas e soluções efetivas para reduzir a burocracia, gerar emprego, renda e oportunidades. O aumento da agilidade e a promoção da inovação também são indicadores importantes para tornar o ambiente de negócios mais favorável.

“O empreendedorismo é um caminho importante para o desenvolvimento da economia local, mas é necessário que as cidades também estejam preparadas para dar um suporte e melhorar, cada vez mais, o ambiente para quem deseja empreender”, destaca o superintendente do Sebrae/ES, Pedro Rigo.

O setor público tem grande influência na performance empreendedora nas cidades por poderem determinar a qualidade de aspectos importantes do ambiente de negócios. Ao assinar o termo, as cidades se comprometem a buscar por melhorias nesses índices.

Cidade Empreendedoras

As Cidades Empreendedoras devem apresentar um bom ambiente de negócios que é caracterizado pela boa qualidade de ecossistemas compostos por fatores, externos e internos às empresas, que articulados, incentivam a atividade empreendedora e aumentam o dinamismo do setor produtivo.

De acordo com a Endeavor Brasil, a capital do Espírito Santo, Vitória, é a 3ª cidade no Ranking de Cidades Empreendedoras, atrás apenas de São Paulo e Florianópolis.

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!