Sede fará protesto e fechará comércio contra esvaziamento   | Portal Tempo Novo

Serra, 22 de outubro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Política

Serra, 27 de setembro de 2018 às 20:00

Sede fará protesto e fechará comércio contra esvaziamento  


 

Na última terça-feira (25) empresário, ativistas e moradores se reuniram e decidiram protestar contra a saída de órgãos públicos. Foto: Divulgação

Clarice Poltronieri

Na próxima terça, 02 de outubro, os comerciantes, ativistas culturais, ambientais e sociais, moradores do entorno prometem parar o centro da Serra. A manifestação é contra a saída em massa de órgãos ligados ao judiciário que acontece desde o início do ano. No dia 17 as Promotorias Cíveis do Ministério Público foram para Jardim Limoeiro e no início deste ano foram transferidas 18 varas do Fórum da Sede para São Geraldo. Ambos foram para prédios alugados. Na Sede ficaram apenas as Varas Criminais do Fórum e a Promotoria Criminal do Ministério Público.

A manifestação terá concentração às 8h em frente à Igreja Matriz, os comércios serão fechados e será feita uma passeata nas ruas da Sede, com um ato em frente ao Fórum e finalização na prefeitura onde será entregue uma carta de reivindicações dos manifestantes ao prefeito.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial da Serra Sede, Edson Quintino, disse que a decisão foi tomada em assembleia na última terça (25). “Fizemos uma assembleia na Câmara dos Vereadores com várias lideranças e muitos comerciantes que votaram pela manifestação contra as transferências do judiciário e o efeito dominó que ele vem causando. O movimento é uma denúncia ao que o judiciário está fazendo e convocamos a imprensa capixaba para nos acompanhar”, relata.

Ele destacou que nenhum movimento político será aceito no evento. “Não permitiremos distribuição de panfletos ou campanha política. A mobilização é civil vamos levar as igrejas, as associações de moradores, a banda Estrela dos Artistas e a banda de congo vão participar para mostrar a cultura e história da Sede e que a sociedade está unida contra essas ações”, frisa.

Mas a manifestação não é só pela saída dos órgãos da justiça. O ativista cultural e jornalista Fábio Boa Morte destaca que há outros interesses no movimento.

“A manifestação faz parte do movimento Serra Sede Forte, com representantes da sociedade civil, além de comerciantes. O movimento não para por aqui, ele só começa. Temos que assegurar a vocação administrativa da Sede, pois é ela quem fomenta o comércio local, hoje base da economia serrana. Mas também garantir outras frentes, como o desenvolvimento industrial (SerraLog); o desenvolvimento turístico, pois somos ricos como história e cultura da Serra, além de sermos interposto entre litoral e agroturismo.Também precisamos desenvolver outros projetos, como o contorno de São Domingos, a conclusão da Audifax Barcelos que vai ajudar no desenvolvimento da ala leste”, elenca.




O que você acha ?

Você já brigou com amigos e familiares por conta de política?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por