27.7 C
Serra
sábado, 28 maio - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Sebrae elege Vidigal como o prefeito que mais facilitou abertura de pequenos negócios no ES

Leia também

Campanha de segurança de trânsito alcança 3 mil serranos

Desde o inicio deste mês, o Departamento Operacional de Trânsito (DOT), tendo em vista a campanha de conscientização de...

Polícia prende suspeitos de roubar carro com bebê e criança na frente de creche na Serra

A Policia Civil, por meio da Divisão Especializada de Furtos e Roubos de Veiculos, prendeu em flagrante um dos...

Lei torna hediondo crime praticado contra menores de 14 anos

O Presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.344/2022 que cria mecanismos para a prevenção e o enfrentamento da violência...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

Vidigal recebeu o prêmio de 1° lugar na categoria de desburocratização. Foto: Divulgação

O prefeito da Serra, Sergio Vidigal (PDT), foi eleito em 1º lugar em uma das categorias do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, realizado na noite desta quinta-feira (5). O chefe do Executivo municipal recebeu o título de mais atuante no que tange a desburocratização de licenças ambientais e de obras para abertura de novos pequenos negócios.

O prêmio é um reconhecimento do Sebrae à capacidade administrativa dos gestores e gestoras municipais que elaboraram projetos e implementaram ações com resultados comprovados de estímulo ao surgimento ou desenvolvimento de pequenos negócios, contribuindo, assim, para o crescimento econômico e social de seus municípios.

Antes mesmo de saber que seria eleito em 1° lugar na categoria Desburocratização, Vidigal conversou com o Jornal Tempo Novo e contou um pouco sobre as ações que fizeram a Serra ser destaque nacional para investimentos. Vale lembrar que no final da semana passada, um estudo capitaneado pelo Governo Federal apontou a Serra como a décima segunda melhor cidade para se investir no Brasil.

“Acho que teve vários fatores, fator da própria gestão, fator da própria economia da dívida nacional, porque o país teve também um certo crescimento e a gente meio que pegou essa onda e foi também aperfeiçoando as nossas ações. Eu diria que a facilidade hoje de licenciamento, de abrir novas empresas na cidade, um grande plano de mobilidade urbana, a redução dos índices de violência. Eu creio que são ações que contribuíram muito para que a gente pudesse realmente criar esses atrativos, essa nova ambiência de negócios”, destacou o prefeito.

Sergio Vidigal ainda destacou a importância do micro e pequeno empreendedor. “Em cada 10 brasileiros, de 18 anos a 64 anos, 3 estão no empreendedorismo. Então primeiro que já criou essa cultura no Brasil de empreendedorismo, segundo que ficou claro de que se não fosse o empreendedor, seja ele o micro ou pequeno, a situação econômica do país estaria muito pior. E não é diferente no município da Serra que é uma cidade que tem na sua grande maioria na geração de empregos, de oportunidades de trabalho, vindo do micro e do pequeno empreendedor”, disse.

O prefeito concorria com Cariacica, que ficou em 2° lugar, e com Jerônimo Monteiro, que conquistou a terceira colocação.

Vidigal comemorou premiação juntamente com parte de seu secretaria, inclusive, com Claudio Denicoli (que segura o prêmio ao centro da foto), e aliados. Foto: Divulgação

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente da Serra, Claudio Denicoli, esteve presente no evento ao lado do prefeito e comentou sobre as ações que a atual gestão tomou para que fosse possível essa desburocratização.

“Acho que a palavra-chave para isso é desburocratização, mantendo os controles, facilitando e diminuindo a quantidade de papelada, você atinge um resultado muito bacana. Mas a gente ainda não está satisfeito com isso, estamos só no primeiro ano de um mandato que foi de oposição, que até você montar uma equipe, até ajustar tudo, você demora um tempo; até para a própria equipe se acostumar com as novas tecnologias demorou, então a gente está otimista”, disse.

Prefeitos Empreendedores

Pedro Rigo é o superintendente do Sebrae no ES e falou sobre a importância do prêmio Prefeito Empreendedor. Foto: Divulgação

Ao todo, dezessete prefeitos capixabas foram premiados na noite da última quinta-feira durante a cerimônia do XI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (PSPE). O evento reconheceu tanto gestores, quanto projetos implementados pelos municípios, que tem como objetivo o desenvolvimento de políticas públicas que priorizem a melhoria do ambiente de negócios nas cidades.

Os projetos premiados levaram em consideração os resultados positivos já comprovados de influência para o surgimento, desenvolvimento e competitividade dos pequenos negócios em seus municípios.

“Esta premiação tem uma importância ímpar, pois valoriza e divulga as boas práticas de gestores preocupados com o desenvolvimento local, e que criam condições para aprimoramento do ambiente de negócios. Nós entendemos que as micro e pequenas empresas são o que sustentam a economia, representando há alguns anos o saldo positivo de empregos no país, e no Espírito Santo não é diferente. Então quando vemos prefeitos e gestões que apostam nos pequenos negócios, apresentando projetos e desenvolvendo boas políticas públicas para o setor, certamente temos prefeitos que estimulam cada vez mais o empreendedorismo, gerando emprego e renda para a cidade”, destaca o superintendente do Sebrae/ES, Pedro Rigo.

Renato Casagrande participou do evento promovido pelo Sebrae. Crédito: Foto Ao Vivo

O governador Renato Casagrande também esteve presente no evento. “O Sebrae está cumprindo um papel muito importante levando o desenvolvimento para todos os municípios do Espírito Santo. No momento em que você oferece esse incentivo ao gestor municipal para ele formar um bom ambiente de negócios e construir o seu plano municipal de desenvolvimento, isso nos ajuda a fazer com que as pessoas tenham mais qualidade de vida e mais oportunidades”, ressaltou.

As cidades capixabas premiadas foram: Serra, Muqui, Colatina, Jerônimo Monteiro, Montanha, Atílio Vivácqua, Iúna, Vargem Alta, Santa Teresa, Cariacica, Dores do Rio Preto, Anchieta, Ecoporanga, Nova Venécia, Montanha, Viana e Vila Velha.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!