PSB já trabalha com nome de Bruno Lamas na disputa pela Prefeitura

0
Audifax: "Não posso falar sobre um partido que não existe". Foto: Arquivo TN
Audifax: “Não posso falar sobre um partido que não existe”. Foto: Arquivo TN

Por Conceição Nascimento

Enquanto a Rede Sustentabilidade não alcança o registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as especulações sobre a ida do prefeito da Serra, Audifax Barcelos (PSB), para a sigla idealizada por Marina Silva continuam movimentando o mercado político.

Atento a essa suposta costura que resultaria na ida de Barcelos para a Rede, onde disputaria a reeleição, a direção do PSB já prepara um plano B, que substituiria o atual prefeito na disputa pela Prefeitura da Serra pelo deputado estadual Bruno Lamas.

“Audifax nunca falou publicamente que sairá do partido e contamos que ele permanecerá conosco. Faremos esforço para que ele continue no partido, mas se ele sair, quem representará o PSB na disputa será Bruno Lamas”, disse o deputado federal Paulo Foletto, presidente estadual da legenda.

Foletto descartou uma possível disputa pela Prefeitura da Serra com Renato Casagrande representando a legenda. “Militantes defendem que ele dispute a Prefeitura de Vitória, mas atualmente está mantida a parceria com o prefeito Luciano Rezende (PPS).

O PSB reagiu à possível saída de Audifax lançando o deputado Bruno Lamas como pré - candidato à Prefeitura. Foto: Arquivo TN
O PSB reagiu à possível saída de Audifax lançando o deputado Bruno Lamas como pré – candidato à Prefeitura. Foto: Arquivo TN

Foletto disse ainda que a meta do PSB é ampliar o número de vereadores da sigla no Estado. “Um vereador em cada município, ao menos”, disse.

Apesar das especulações sobre sua saída do PSB, o prefeito Audifax Barcelos sempre evita o assunto. Há duas semanas, disse à reportagem do Tempo Novo que “a Rede não existe ainda e não posso falar sobre o que não existe”.

Recentemente, o PSB perdeu três prefeituras, com a saída dos prefeitos para outras legendas: Lidnei Gobbi, de Marechal Floriano; Carlos Henrique Emerick Storck, de Irupi; e Samuel Zuqui, de Piúma.

Comentários