Projeto de escola da Serra vira referência no Estado

0
Projeto de escola da Serra vira referência no Estado
A diretora da escola, Juliana Rohsner, apresentou os resultados à Comissão de Educação da Assembleia Legislativa. Foto: Divulgação

O projeto “Gestando sonhos, alcançando metas”, desenvolvido na Escola Estadual Jones José Nascimento, virou referência no Estado e foi apresentado em audiência na Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (12). 

A escola é situada em Central Carapina e enfrentava problemas crônicos de indisciplina, vandalismo, e baixa aprendizagem e estava prestes a ser fechada. A chegada da diretora Juliana Rohsner Vianna marcou o início do projeto, que reverteu a situação. 

“A escola era considerada a mais violenta do Espírito Santo. Tinha problemas de vandalismo, e chegou ao ponto de ser invadida por pessoas que tentaram matar o diretor da época. Havia uma determinação do Ministério Público do Estado para que a escola fosse fechada, e foi nesse contexto que assumi”, explicou a diretora.

Por orientação da diretora, entulhos foram recolhidos, reposicionada a sala da diretoria, salas posicionadas muito próximas às ruas foram retiradas, a escola foi pintada, cartazes com frases e imagens motivacionais foram afixados e até uma nova quadra foi adquirida.

Outras medidas adotadas pela diretora foi o fortalecimento de lideranças democráticas como o grêmio estudantil e o conselho escolar, além da aproximação com projetos sociais desenvolvidos por Organizações não Governamentais (ONG’s).

Os resultados não demoraram em aparecer. Dos 28,6% de alunos abaixo do conhecimento básico em Língua Portuguesa em 2017, ficaram apenas 3,4% em 2018. Já os proficientes passaram de 7,1% para 31%. Em Matemática, 50% tinham resultados abaixo do básico em 2017. No ano seguinte, esse número caiu para menos de 14%.

A escola agora é conhecida como Novo Jones e não é mais palco de vandalismo , violência, evasão ou pichações. 

Comentários
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.