Serra, 25 de setembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 4 de julho de 2018 às 8:31

Pipas já deixaram mais de 21 mil moradores da Serra sem energia este ano

Distribuidora recomenda que crianças e adolescentes busquem locais adequados para brincar com segurança, em espaços abertos e longe de fios e postes


Pessoas que gostam de soltar pipa devem procurar um espaço aberto, onde não existem fiações Foto: Divulgação

Mais de 21 mil moradores do município da Serra ficaram sem energia esse ano por causa de pipas na rede elétrica. Isso é o que mostra um levantamento feito pela EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo.

Os dados foram registrados entre janeiro e junho de 2018. De acordo com a assessoria de comunicação da EDP, alguns materiais usados na confecção de pipas, como as rabiolas feitas de fios metálicos, são condutores de energia e aumentam o perigo quando estão em contato com a rede elétrica. Quando encostam nos cabos da rede elétrica, além da queda de energia e danos a equipamentos, podem causar acidentes graves, como queimaduras e até mortes.

A distribuidora ainda pede que as pessoas que gostam de soltar pipa, procurem um espaço aberto, onde não existem fiações, pois o contato das pipas com os cabos elétricos acabar causando prejuízo para toda a população com a interrupção da energia nas residências, ruas e praças, por exemplo.

Vale ressaltar que, em caso de incidentes com a rede elétrica, os clientes devem comunicar imediatamente o ocorrido por meio da central de atendimento: 0800 721 0707.

Confira as dicas para soltar pipa de maneira segura:

– Alguns materiais utilizados na confecção de pipas são condutores de energia e aumentam o perigo quando estão em contato com a rede elétrica. Rabiola feita de fios metálicos é um exemplo;

– O uso de cerol é proibido. O cerol é um risco para motociclistas e pedestres e também oferece perigo no contato com a rede de energia. Ao cortar a camada protetora da fiação, a linha interrompe a transferência de corrente elétrica, podendo provocar curto-circuito;

– Arremessar objetos na rede elétrica para o resgate da pipa pode causar graves acidentes. O “lança-gato” (pedras presas a uma linha) ou qualquer outro item condutor de energia não devem ser lançados sobre a rede;

– Empinar pipas em locais como lajes e muros deve ser evitado. A proximidade com a rede elétrica aumenta o risco de acidentes;

– É expressamente proibido invadir as subestações da EDP para recuperar pipas e balões. Esses locais são energizados e somente pessoas autorizadas podem entrar nas estações;

– Um acidente causado por descarga elétrica pode deixar sequelas como queimaduras e até causar a morte.




O que você acha ?

Qual é a sua avaliação sobre a qualidade de água dos córregos, rios e lagoas da Serra ?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por