26.6 C
Serra
sexta-feira, 04 de dezembro de 2020

Partidos políticos devem realizar convenções até 30 de junho

Leia também

Prefeitura diz que dinheiro em caixa é maior do que dívida consolidada

A gestão atual da Prefeitura da Serra está prometendo deixar o comando do Município com R$ 485.907.651,01 de dinheiro...

Vidigal define equipe para transição de governo. Veja quem são os escolhidos

Após ser escolhido para ser o prefeito da Serra pelos próximos quatro anos, Sérgio Vidigal (PDT) já montou a...

Vice-prefeito eleito cancela agendas após esposa testar positivo para coronavírus

O vice-prefeito eleito da Serra, Thiago Menezes Carrero (Cidadania), cancelou suas agendas externas para os próximos dias. A decisão...
Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Partidos têm até 30 de junho para o envio das listas atualizadas com dirigentes. Foto: Divulgação

Atentos à Resolução 23.5712018, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e de olho nas eleições 2020, partidos políticos precisam eleger e apresentar seus diretórios permanentes até o dia 30 de junho. Na Serra, o MDB já se antecipa e filiados escolhem seu novo diretório no próximo sábado (25).

Segundo informações dos bastidores políticos, o vereador Luiz Carlos Moreira se despede da Presidência da legenda e, em seu lugar, assume o líder comunitário Jean Cassiano. O encontro que definirá os novos rumos do MDB na Serra acontece no dia 25 de maio 9sábad0), às 16h, no Centro Comunitário de Laranjeiras.

Procurado pela reportagem, Jean cassino disse que o objetivo é organizar um novo MDB ns Serra, para que tenha musculatura para disputar as eleições em 2020.

“Assumo a Presidência do MDB com o compromisso de trabalhar em equipe com todo o grupo de novos e antigos filiados, procurando sempre o melhor caminho para o grupo e não deixando de dialogar com todos para decidirmos o futuro desta sigla, que sempre foi muito forte e respeitada em todo o Espírito Santo”, disse Jean. 

Entenda:

Conforme determina a Resolução 23.5712018, os partidos políticos com órgãos de direção provisórios com vigência superior a 180 dias têm até o dia 29 de junho para constituir órgãos definitivos. Segundo o artigo 39 da norma, as anotações relativas aos órgãos provisórios têm validade de 180 dias, salvo se o estatuto partidário estabelecer prazo inferior. O prazo é contado a partir de 1º de janeiro de 2019.

Na prática, depois de eleger os dirigentes dos órgãos definitivos, os partidos têm de encaminhar aos respectivos Tribunais Eleitorais, por meio do Sistema de Gerenciamento de Informações Partidárias (SGIP), os dados da composição e de início e término de vigência dos órgãos.

Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!