25.7 C
Serra
terça-feira, 30 novembro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Pai que matou filho a facadas na Serra se entrega à polícia e é liberado

Leia também

Direitos Humanos | Serra vai ter mutirão para retificação de gênero e de nomes de pessoas trans

No dia 10 de dezembro se comemora o Dia Internacional dos Direitos Humanos.  E na Serra vai ter uma...

Prefeitura vai reforçar iluminação em bairros da Serra com extensões de rede

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria de Serviços (Sese), anunciou que sete bairros da Serra vão ganhar reforço...

ES terá audiências públicas para mostrar diagnóstico de ações para reduzir riscos de inundações

Ao longo dos meses de dezembro deste ano e janeiro de 2022, o Governo do Estado, discutirá a macrodrenagem...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

O pai que matou o próprio filho no último sábado (20) em Jardim Tropical, na Serra, se entregou à Polícia Civil na última terça-feira (23).

De acordo com informações, Wilson Alves, foi ouvido e liberado, já que o inquérito foi concluído como legítima defesa.

O pai que matou o filho a facadas divulgou um vídeo nas redes sociais, antes de se entregar à polícia pedindo desculpas e se dizendo arrependido do crime que cometeu contra o filho Weverson Corrêa.

O pai, Wilton Alves, começa o vídeo dizendo que nunca foi o objetivo matar o próprio filho e classificou o ocorrido como fatalidade. “A fatalidade que houve no sábado à noite nunca foi, nunca seria meu objetivo. Tirar a vida do meu próprio filho, porque até então tudo que eu fazia na minha vida era para melhoria dele, para ajudar ele e houve esta fatalidade”.

O pai justificou dizendo que tentou intervir numa briga entre o filho e a esposa e que inclusive ele já teria sido agredido por outras pessoas na rua. “Segundo fiquei sabendo dois caras desceram de um carro e bateram nele. Conversei tentando ajudar, pedi para entrar pra dentro de casa, tomar um banho e descansar. Depois ele pegou o celular da esposa tacou no chão e começou a agredir fisicamente a esposa e a criança enteada dele”, contou o pai.

Depois disso, segundo relato do vídeo, houve uma luta corporal entre os dois. “Ele me pegou pelo pescoço e tivemos uma luta corporal, onde ele deferiu vários socos na minha cabeça. Eu já não estava aguentando mais, ele me deu uma gravata e desferiu vários socos. Depois disso, fui pegar o carro pra eu sair, pra evitar mais problema. A partir daí, acabou acontecendo a fúria do inimigo, ele chegou dando vários socos no vidro da porta do meu carro e eu sai e acabei deferindo facada nele e tirei a vida do meu próprio filho”.

Wilton pediu perdão a Deus, a família e aos amigos. “Nunca foi meu objetivo tirar a vida do meu próprio sangue. E quero falar também que se devo vou pagar, vou na delegacia e vou me entregar. Que a justiça tome providências”.

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!