19.7 C
Serra
sábado, 28 maio - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Pai que matou filho a facadas na Serra se entrega à polícia e é liberado

Leia também

Campanha de segurança de trânsito alcança 3 mil serranos

Desde o inicio deste mês, o Departamento Operacional de Trânsito (DOT), tendo em vista a campanha de conscientização de...

Polícia prende suspeitos de roubar carro com bebê e criança na frente de creche na Serra

A Policia Civil, por meio da Divisão Especializada de Furtos e Roubos de Veiculos, prendeu em flagrante um dos...

Lei torna hediondo crime praticado contra menores de 14 anos

O Presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.344/2022 que cria mecanismos para a prevenção e o enfrentamento da violência...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

O pai que matou o próprio filho no último sábado (20) em Jardim Tropical, na Serra, se entregou à Polícia Civil na última terça-feira (23).

De acordo com informações, Wilson Alves, foi ouvido e liberado, já que o inquérito foi concluído como legítima defesa.

O pai que matou o filho a facadas divulgou um vídeo nas redes sociais, antes de se entregar à polícia pedindo desculpas e se dizendo arrependido do crime que cometeu contra o filho Weverson Corrêa.

O pai, Wilton Alves, começa o vídeo dizendo que nunca foi o objetivo matar o próprio filho e classificou o ocorrido como fatalidade. “A fatalidade que houve no sábado à noite nunca foi, nunca seria meu objetivo. Tirar a vida do meu próprio filho, porque até então tudo que eu fazia na minha vida era para melhoria dele, para ajudar ele e houve esta fatalidade”.

O pai justificou dizendo que tentou intervir numa briga entre o filho e a esposa e que inclusive ele já teria sido agredido por outras pessoas na rua. “Segundo fiquei sabendo dois caras desceram de um carro e bateram nele. Conversei tentando ajudar, pedi para entrar pra dentro de casa, tomar um banho e descansar. Depois ele pegou o celular da esposa tacou no chão e começou a agredir fisicamente a esposa e a criança enteada dele”, contou o pai.

Depois disso, segundo relato do vídeo, houve uma luta corporal entre os dois. “Ele me pegou pelo pescoço e tivemos uma luta corporal, onde ele deferiu vários socos na minha cabeça. Eu já não estava aguentando mais, ele me deu uma gravata e desferiu vários socos. Depois disso, fui pegar o carro pra eu sair, pra evitar mais problema. A partir daí, acabou acontecendo a fúria do inimigo, ele chegou dando vários socos no vidro da porta do meu carro e eu sai e acabei deferindo facada nele e tirei a vida do meu próprio filho”.

Wilton pediu perdão a Deus, a família e aos amigos. “Nunca foi meu objetivo tirar a vida do meu próprio sangue. E quero falar também que se devo vou pagar, vou na delegacia e vou me entregar. Que a justiça tome providências”.

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!