Orçamento reserva R$ 400 milhões para obras na Serra em 2019 | Portal Tempo Novo

Serra, 19 de Março de 2019

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Política

Serra, 18 de dezembro de 2018 às 12:19

Orçamento reserva R$ 400 milhões para obras na Serra em 2019


O prefeito da Serra, Audifax Barcelos, fez um balanço positivo sobre 2018: Foto: Divulgação 

Prestes a dar início ao terceiro ano do seu mandato, o prefeito Audifax Barcelos (Rede) analisa o ano administrativo e cita obras que deve concluir no próximo ano, além de outras que vai iniciar. O redista governa a cidade até dezembro de 2020. Por meio de sua assessoria, Barcelos avaliou o ano de 2018.

“O ano de 2018 foi muito desafiador, pois ainda sentimos os reflexos da grave crise econômica pela qual o país passou, apesar de já percebermos recuperação. Um dos desafios que tivemos foi a manutenção do equilíbrio nas contas.

A população da Serra cresceu em mais de cem mil pessoas em dez anos, enquanto a nossa arrecadação real se manteve praticamente a mesma de dez anos atrás. Aí vem o segundo desafio, que é continuar oferecendo serviços essenciais e de qualidade aos moradores, o que estamos cumprindo.

O terceiro grande desafio que cito foi manter nossa capacidade de investimento. Somos o município campeão em obras no Estado e, neste ano, investimos muito e entregamos importantes obras para a cidade. Entre elas, três creches, em Cantinho do Céu/José de Anchieta II, Novo Porto Canoa e Jardim Carapina; drenagem e pavimentação em ruas de Jacaraípe, Nova Almeida, Jardim Carapina, Nova Carapina, e outros bairros. Entregamos também o Cras de Vila Nova de Colares. Fizemos muita coisa e vamos continuar fazendo no ano que vem”.

Sobre os avanços destacou que a Serra conquistou o 1º lugar em transparência do Brasil, segundo a pesquisa Escala Brasil Transparente (EBT) e informações divulgadas Ministério da Transparência e pela Controladoria-Geral da União (CGU).

“A prevenção e combate à corrupção é um dos pilares da gestão. O reconhecimento desse trabalho é um incentivo para continuarmos cada vez mais a trazer orgulho para os cidadãos serranos com uma gestão transparente e moderna.

Além disso, a cidade é pioneira no Estado ao participar do Projeto de Fortalecimento e Reestruturação Organizacional do Controle Interno do Poder Executivo, em parceria direta com o Ministério Público do Espírito Santo (MPES).

Outro destaque do ano é o código de meio ambiente, que foi reformulado e assinado em junho. Nele está prevista a regulamentação do Licenciamento Ambiental por Adesão e Compromisso (LAC). Pioneira na Grande Vitória, a Serra é o único município a disponibilizar este tipo de licenciamento ambiental.
A emissão de licença simplificada pela internet também foi um grande avanço da gestão. A Prefeitura da Serra lançou em outubro o portal licenciamentoambiental.serra.es.gov.br, no qual o empresário pode emitir a dispensa ambiental sem burocracia e sem ter que ir até o prédio administrativo, em Serra-Sede.
Outro destaque do ano é a taxa de mortalidade infantil, um importante indicador de desenvolvimento para uma cidade, e a Serra possui a menor delas entre os municípios da Grande Vitória, com coeficiente de 8.42, à frente de Vitória (11,93) e Vila Velha (9,24). Um ranking do Ministério da Saúde mostra que a Serra possui a 11ª menor taxa de Mortalidade Infantil entre as 15 cidades mais populosas do Brasil, com exceção das capitais.
Ressaltamos ainda a entrega das obras de dragagem do Rio Jacaraípe. Além da limpeza, foram construídos calçadão, ciclovia e uma nova passarela na região. Os investimentos somam R$ 12,3 milhões e beneficiam mais de 50 mil pessoas.

Este ano, a Prefeitura da Serra, também, entregou três super-creches em Jardim Carapina, Novo Porto Canoa e Cantinho do Céu/José de Anchieta II. Com as sucessivas inaugurações, a cidade atingiu o número de 71 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI’s), com mais de 20 mil crianças matriculadas”.

Para atender uma reivindicação de comerciantes da Serra sede, a prefeitura vai construir um novo centro administrativo na região. O projeto arquitetônico do equipamento já foi elaborado pela Secretaria Municipal de Obras e a previsão é de que as obras sejam iniciadas no primeiro trimestre de 2019.

 

“O valor previsto de investimento é de aproximadamente R$ 19 milhões. O projeto arquitetônico do edifício tem quatro pavimentos, que vai abrigar além de secretarias, laboratório de informática, biblioteca, salas de aula, auditório, salas de atendimento ao público e serviços complementares”.

O prefeito também falou sobre metas para o ano que vem, de equilíbrio financeiro-orçamentário associado ao trabalho da gestão. 

“Além disso, vamos continuar trabalhando firme para que a Serra continue com o posto de 1º lugar em transparência do Brasil, conforme foi divulgado pelo Ministério da Transparência e pela Controladoria-Geral da União (CGU).
Também friso que estamos determinados em avançar na qualificação e expansão dos serviços ofertados à população, sobretudo na saúde e educação. Além de investir em obras estruturantes e continuar o nosso projeto de drenagem e pavimentação das vias.

Destaco que o ano de 2019 será de entrega de grandes obras. Na área da Saúde teremos o Hospital Materno e a Upa de Castelândia.
Com a inauguração do hospital, a cidade ganha mais 135 leitos, sendo 60 maternos e 75 pediátricos.  Também estou muito feliz, pois, entregarei no próximo ano mais uma UPA, em Castelândia. Hoje, já somos o único município no Estado a contar com duas UPAs, em Carapina e Serra-Sede. Desta forma, vamos ampliar a cobertura de urgência e emergência no município”.

Enumerou mais quatro creches a serem entregues à população em 2019: em Central Carapina, Cidade Continental – Setor Ásia, Vista da Serra II e Colina da Serra, totalizando mais de mil a mais na rede. Disse que a população também vai sentir os impactos dos investimentos no trânsito. É que a rotatória de Maringá, que antes não comportava adequadamente o fluxo de veículos, e gerava engarrafamentos, está se tornando mais moderna, ágil e sofisticada.

Serão seis quilômetros de novas vias, ciclovias, calçadas, sinalização viária e arborização. A nova rotatória vai beneficiar mais de 100 mil pessoas que moram e trabalham nos bairros de Barcelona, Maringá, Barro Branco, Mata da Serra, Porto Canoa e Civit I.

“Além das obras em andamento, vamos investir em novas e importantes obras para o município, além de garantir a continuidade de muitas outras.

Entre os destaques estão o histórico Clube Riviera, em Jacaraípe, que está se transformando na Arena Riviera, um complexo cultural e esportivo com capacidade para receber, aproximadamente, 3.500 pessoas.

O Binário na Norte Sul também está na programação do município para 2019, o que vai trazer mais fluidez para o trânsito na região. Após a mudança, a via atual seguirá em sentido único para Laranjeiras, entre a avenida dos Metalúrgicos e a ES 010. Cerca de 1,7 quilômetro vai receber a alteração.
Com início previsto para o segundo semestre de 2019, a prefeitura também dá um passo importante para a construção de novos mergulhões sob a rotatória do hospital Dório Silva, conhecida como Rotatória do Ó. O investimento está avaliado em mais de R$ 60 milhões e vai beneficiar cerca de 4 mil veículos que circulam por hora no local.

Para o próximo ano a reserva do município é de R$ 400 milhões, para investir somente em obras”.  

 




O que você acha ?

Como você avalia os primeiros meses do governo Bolsonaro?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por