23.6 C
Serra
sexta-feira, 29 de Maio de 2020

Orçamento de 2020 vira barril de pólvora entre vereadores e Audifax

Leia também

Mais três moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade já tem 146 óbitos

Em apenas 24 horas, a Serra registrou três novas mortes causadas pela Covid-19. A informação foi divulgada pela Secretaria...

Contarato pede ao Ministério Público que investigue Ricardo Salles

O senador capixaba Fabiano Contarato (Rede), ao lado do também senador Jaques Wagner (PT-BA), pediu ao Ministério Público que...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Basílio quer saber informações sobre os gastos da Prefeitura em 2019. Foto: Divulgação

A aprovação do Projeto de Lei contendo o orçamento municipal 2020, proposto pela prefeitura da Serra, deve esbarrar em alguns obstáculos na Câmara de Vereadores. Em nova onda de troca de farpas entre Executivo e Legislativo, os parlamentares dão sinais de que podem dificultar a tramitação da matéria.

E quem deu o start foi a Comissão de Finanças e Orçamento, presidida pelo vereador Basilio da Saúde (sem partido). O grupo apresentou 20 requerimentos de informações sobre temas diversos que constam das atividades com o orçamento atual. O que pode atrasar o andamento do PL.

Vereadores querem saber como foram gastos em 2019 os orçamentos por secretaria em segmentos como direitos da cidadania, cujo montante foi R$ 3.923.650,00, R$ 3.555.000,00 com habitação.

Gastos com urbanismo, no montante de R$ 381.060.000,00; R$ 2.523.000,00 com desporto e lazer. Com ciência e tecnologia os custos citados pela prefeitura são de 4.705.000,00. Em segurança pública, os custos são de R$ 15.540.000,00.

Vereadores cobram detalhamento dos gastos e como o dinheiro foi empregado nas áreas citadas. E por qual razão haverá aumento de gasto.

“Queremos saber como foi utilizado o orçamento 2019, até para justificar se houve aumento ou não entre o orçamento de 2019 para o de 2020. Saber como foi utilizado o valor que foi mencionado, uma vez que existem valores altos citados e queremos confirmar se isso foi cumprido”, disse o presidente da Comissao, Basílio da Saúde.

A Secretaria de Comunicação da Prefeitura da Serra foi procurada para emitir declaração oficial sobre o assunto. Em nota, informou que “a prefeitura não recebeu os 20 requerimentos citados”.

 

Comentários

Mais notícias

Contarato pede ao Ministério Público que investigue Ricardo Salles

O senador capixaba Fabiano Contarato (Rede), ao lado do também senador Jaques Wagner (PT-BA), pediu ao Ministério Público que investigue o Ministro do Meio...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!