23.6 C
Serra
terça-feira, 02 de junho de 2020

Multas da Ambiental Serra/Cesan serão investigadas para após eleições

Leia também

Nove de cada dez leitos para covid já estão ocupados na Grande Vitória

A Região Metropolitana, da qual a Serra, faz parte, esta com ocupação de leitos de UTI, segundo dados do...

Casagrande anuncia novos leitos e não descarta medidas mais duras de distanciamento social

Na noite desta segunda-feira (1) o governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), anunciou que nas últimas horas o Governo abriu...

Obra emergencial para mar não derrubar poste gera polêmica em Manguinhos

Na última semana a Prefeitura da Serra teve que fazer uma contenção emergencial para que um poste não fosse...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Deve ficar para outubro, precisamente após o primeiro turno das eleições a primeira reunião da Comissão Especial de Inquérito (CEI) instalada na Câmara da Serra para apurar suposto tráfico de influência na conversão e cancelamento de multas contra a Ambiental Serra/Cesan, julgadas pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comdemas). 

A campanha eleitoral foi à justificativa do presidente do colegiado, Roberto Catirica (PHS), para protelar o início dos trabalhos. “Em função do calendário eleitoral, vou convocar a primeira reunião após as eleições”, afirmou o vereador. 

A comissão ficou com a seguinte composição: Roberto Catirica, presidente, Pastor Ailton (PSC) relator e Aécio Leite (PT), membro. Os trabalhos serão realizados no prazo de 90 dias, prorrogáveis por mais 60. O relatório elaborado a partir das atividades da CEI serão apreciados em plenário.

Além das multas, a Comissão promete desnudar os números de investimentos e de arrecadação da empresa na Serra. Além de dar um prognóstico sobre a qualidade do serviço prestado desde 2015.

Essa é a segunda Comissão de Inquérito em dois anos. A anterior aconteceu em 2016, após denúncias de cobrança irregular de esgoto em residências ainda não ligadas ao sistema de coleta. 

Comentários

Mais notícias

Casagrande anuncia novos leitos e não descarta medidas mais duras de distanciamento social

Na noite desta segunda-feira (1) o governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), anunciou que nas últimas horas o Governo abriu leitos de UTI e enfermaria...

Obra emergencial para mar não derrubar poste gera polêmica em Manguinhos

Na última semana a Prefeitura da Serra teve que fazer uma contenção emergencial para que um poste não fosse derrubado pelo mar, que está...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!