Motorista de Carapina Grande pena para acessar BR 101

0
Moradores em frente à saída do bairro: pedido de alteração em semáforo e cruzamento na BR à concssionária Eco 101
Moradores em frente à saída do bairro: pedido de alteração em semáforo e cruzamento na BR à concessionária Eco 101

Por Ayanne Karoline

Quem precisa sair de Carapina Grande para a pista lateral da BR 101 está encontrando dificuldades, principalmente nos horários de pico. Um semáforo bem próximo à saída do bairro e o congestionamento que se forma no trecho são os gargalos para os moradores, que querem mudanças na rodovia para solucionar o problema. A reivindicação gerou até um documento com pedido de alteração no trafego, enviado à concessionária Eco 101.

O vereador Rodrigo Caldeira (SDD), que também é morador do bairro, explica que o grande problema está na saída ao lado da financeira Dacasa. Há um semáforo logo à frente e, quando o mesmo fecha, os carros ficam parados em frente à saída. “Se tiver engarrafamento na BR, os motoristas do bairro não conseguem sair. A alternativa é dar uma enorme volta pelo bairro André Carloni”, conta.

Caldeira afirmou que por volta das 7h e das 17h o engarrafamento chega a mais de 200 metros e, para entrar na BR, os motoristas precisam colocar o carro na frente dos outros, gerando risco de acidentes e conflitos. “O trânsito dentro do bairro fica caótico também”, reclama.

O pintor industrial Edvaldo dos Santos Sena mora no bairro e conta que cada carro chega a levar mais de cinco minutos para conseguir entrar na 101. “Tem anos que só recebemos promessas. A situação está insuportável”, desabafa.

Pedido à Eco 101

De acordo com os moradores, a solução seria a alteração do semáforo, para antes da saída do bairro (no sentido Serra – Vitória), e mudanças nas vias transversais.

O vereador Rodrigo Caldeira acrescentou que já há um retorno pronto feito pelo município na altura do PA de Carapina para que fosse modificada a posição do semáfaro, num projeto que teria o aval do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) antes ainda da concessão da via à Eco 101.

A Eco 101 informou, através da assessoria de imprensa, que aguarda o encaminhamento do ofício para o início dos estudos de viabilidade do projeto, conforme acordado com o vereador no dia 23 de março. Já Caldeira afirmou que o documento foi enviado na última terça-feira, dia 14 de abril.

 

Comentários
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.