27.1 C
Serra
quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Ministério público pede perda de mandato e de direitos políticos para Geraldinho Feu Rosa

Leia também

Norte Sul é interditada e trânsito fica caótico na Serra

Um trecho da rodovia Norte Sul, próximo ao Terminal de Carapina, foi interditado na Serra. Isso fez com que...

Estado prorroga pré-matrícula em escolas públicas ate o dia 19

A Secretaria da Educação (Sedu) prorrogou o prazo para a Pré-Matrícula na Rede Estadual para até o próximo dia...

Café com negócios para mulheres hoje a noite em Laranjeiras

Hoje (11) às 19h acontece o Happy Hour com Ideia para mulheres empreendedoras no prédio da Unip, em Laranjeiras....
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Geraldinho é conhecido por excentricidades, entre elas deitar dentro de um caixão para protestar contra exoneração de aliados seus em uma unidade de saúde. Foto: divulgação

Afastado das funções parlamentares desde junho, o vereador José Geraldo Carreiro, o Geraldinho Feu Rosa (sem partido) pode perder o mandato. É o que defende o Ministério Público Estadual, por meio da Promotoria da Serra. O órgão solicitou à Justiça que Geraldinho continue afastado da Câmara e que, ao final do processo que responde por rachid, perca o mandato e ainda seus direitos políticos por cinco anos.

O vereador foi denunciado por um ex-assessor, que comprovou a prática do rachid por meio de um vídeo onde o vereador cobrava a contribuição dos seus assessores. Geraldinho nega.

Geraldinho está afastado, após determinação da juíza da Vara da Fazenda Pública Municipal, Telmelita Guimarães. Por meio de sua assessoria, a juíza informou a reportagem há duas semanas que vai anunciar sua decisão sobre o processo antes do início do recesso do Judiciário, em 20 de dezembro.

A reportagem acionou o Ministério Público para se pronunciar sobre o caso, mas até o momento não obteve retorno.

Já a defesa do vereador foi procurada, mas disse que ainda não vai comentar o assunto. “Nosso prazo para apresentar alegações finais é dia 27 e não tivemos acesso às alegações finais do MP, portanto não vamos nos pronunciar sobre o assunto”, disse o advogado Helio Maldonado.

 

 

Comentários

Mais notícias

Estado prorroga pré-matrícula em escolas públicas ate o dia 19

A Secretaria da Educação (Sedu) prorrogou o prazo para a Pré-Matrícula na Rede Estadual para até o próximo dia 19. A publicação foi feita...

Café com negócios para mulheres hoje a noite em Laranjeiras

Hoje (11) às 19h acontece o Happy Hour com Ideia para mulheres empreendedoras no prédio da Unip, em Laranjeiras. O evento, que será no...

Gabi da Serra e do Timão é eleita melhor meia do Brasileirão feminino

Gabriella Zanotti, a Gabi está há mais de um ano vestindo a camisa do Corinthians e este ano foi o destaque do clube. Em...

Maquiadora vai sortear em parceria com o TN combo de procedimentos estéticos

As festas de final de ano estão chegando. E quem não quer ficar bonita e atraente para passar os festejos em grande estilo?! A...

Você também pode ler

Conteúdo patrocinado

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!