29.7 C
Serra
quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Ministério Público pede afastamento de vereador da Serra acusado de Rachid

Leia também

Estado prorroga pré-matrícula em escolas públicas ate o dia 19

A Secretaria da Educação (Sedu) prorrogou o prazo para a Pré-Matrícula na Rede Estadual para até o próximo dia...

Café com negócios para mulheres hoje a noite em Laranjeiras

Hoje (11) às 19h acontece o Happy Hour com Ideia para mulheres empreendedoras no prédio da Unip, em Laranjeiras....

Gabi da Serra e do Timão é eleita melhor meia do Brasileirão feminino

Gabriella Zanotti, a Gabi está há mais de um ano vestindo a camisa do Corinthians e este ano foi...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Geraldinho é conhecido por excentricidades, entre elas deita dentro de um caixão para protestar contra exoneração de aliados seus em uma unidade de saúde. Foto: divulgação


Atualização: Vereador é afastado por Rachid, mas continua recebendo salário de R$ 9 mil


Mais uma reviravolta no âmbito judicial pode mexer no tabuleiro da Câmara da Serra. Desta vez, o Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES) recomendou à Justiça que determine o afastamento do vereador José Geraldo Carreiro (sem partido), o Geraldinho Feu Rosa.

Pesa contra o vereador a acusação de se apropriar de parte dos salários dos servidores, uma prática conhecida como Rachid (veja aqui). As denúncias foram levadas ao MP-ES por meio de dois assessores, que apresentaram vídeos e gravações.

 

O advogado do parlamentar, Hélio Maldonado, disse que já apresentou a defesa sobre a ação. Além disso, Geraldinho recentemente foi expulso do seu partido, PSB, após enfrentar um processo por infidelidade partidária e enfrenta também um inquérito civil também no âmbito do MP-ES por nepotismo.

Caso seja confirmado o afastamento, Geraldinho será o terceiro vereador afastado da Casa. Em março de 2018 a Justiça determinou o afastamento de Neidia Maura (PSD), então presidente da Mesa Diretora. A acusação é de apropriação de salários de servidores fantasmas.

Em abril de 2019 foi a vez do vereador Nacib Haddad (PDT), acusado de participar de um esquema de fraude em licitações. Acusações que ele nega.

Membro do bloco de oposição na Câmara, Geraldinho tem como suplente o líder comunitário Fábio Latino (PSB), líder comunitário de Taquara. Latino é próximo ao deputado licenciado Bruno Lamas (PSB), e tem simpatia da base aliada do prefeito Audifax Barcelos (Rede).

Caso, esse caso termine no afastamento de Geraldinho e posterior subida de Latino para a vaga de vereador, a tendência é que o movimento de oposição na Câmara, liderado pelo presidente Rodrigo Caldeira (Rede) perca força.   

Comentários

Mais notícias

Café com negócios para mulheres hoje a noite em Laranjeiras

Hoje (11) às 19h acontece o Happy Hour com Ideia para mulheres empreendedoras no prédio da Unip, em Laranjeiras. O evento, que será no...

Gabi da Serra e do Timão é eleita melhor meia do Brasileirão feminino

Gabriella Zanotti, a Gabi está há mais de um ano vestindo a camisa do Corinthians e este ano foi o destaque do clube. Em...

Maquiadora vai sortear em parceria com o TN combo de procedimentos estéticos

As festas de final de ano estão chegando. E quem não quer ficar bonita e atraente para passar os festejos em grande estilo?! A...

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 25 milhões

A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (11) um prêmio estimado em R$ 25 milhões. As seis dezenas do concurso 2.215 serão sorteadas a partir das...

Você também pode ler

Conteúdo patrocinado

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!