21.1 C
Serra
sábado, 11 de julho de 2020

Majeski defende candidatura de Bruno Lamas para prefeito da Serra

Leia também

Serra ultrapassa 9 mil casos confirmados e já possui 358 mortes causadas pela Covid-19

Seguindo na vice-liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de...

Prefeitura abre vacinação contra gripe para todos os moradores da Serra

Após finalizar a campanha de vacinação contra a gripe Influenza, a Secretaria Municipal de Saúde ampliou a imunização para...

Empresa de segurança que aluga cães é denunciada por abandono na Serra

Após receber denúncias de abandono de animais de propriedade de uma empresa de segurança que trabalha com aluguel de...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Bruno e Majeski estão com discursos alinhados e defendem candidaturas próprias do PSB na Serra e em Vitória. Foto: Divulgação

O deputado estadual Sergio Majeski (PSB) saiu em defesa do secretário de Estado de Trabalho e Assistência Social, Bruno Lamas, deputado licenciado e também filiado ao PSB.

Em conversa com a reportagem do Jornal Tempo Novo, quando questionado sobre a possibilidade de o PSB abrir mão da candidatura de Lamas a prefeito da Serra, em função de costuras partidárias com o PDT de Sérgio Vidigal, o parlamentar deixou claro que não concorda com essa possibilidade.

“Eu acho que deveria [apostar na candidatura de Lamas], até porque eu acho que o Bruno Lamas é um candidato competitivo. Neste sentido, o PSB está errando. Agora, eu acho que o PSB em Vitória também tem que lançar candidato próprio. Nesse ponto o partido vai errar se abrir mão de uma candidatura própria para apoiar outros partidos”.

Majeski falou sobre sua participação na conferência da Rede, neste fim de semana. Vale lembrar que o deputado tem convite para se filiar na Rede, inclusive com o aval do prefeito da Serra, Audifax Barcelos.

“Recebi um convite para prestigiar a conferência. Enfim, porque o Roberto Martins, vereador de Vitória, me convidou e fui lá. Só isso. Não tem janela partidária; só poderia sair do partido, se o partido me liberasse, ou através de uma justificativa para conseguir isso através da Justiça, que é um negócio que, para mim, está descartado. Mas, fora isso, só com liberação do partido. Eu tenho uma simpatia pelo Rede; tenho amigos como o Roberto e tenho todo o respeito pelo Audifax também. A Heloisa Helena estava lá e também me fez o convite; é uma pessoa que sempre admirei o trabalho e a postura dela”, contou.

Questionado se está mais próximo do prefeito da Serra, Audifax Barcelos, disse que “sempre tive uma relação cordial com ele; mas permanece a mesma”.

 

Comentários

Mais notícias

Prefeitura abre vacinação contra gripe para todos os moradores da Serra

Após finalizar a campanha de vacinação contra a gripe Influenza, a Secretaria Municipal de Saúde ampliou a imunização para todos os moradores da Serra. ...

Empresa de segurança que aluga cães é denunciada por abandono na Serra

Após receber denúncias de abandono de animais de propriedade de uma empresa de segurança que trabalha com aluguel de cães de raça, localizada no...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!