26.8 C
Serra
sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Lixão fica limpo por menos de 24 horas na Serra

Leia também

Volta às aulas facultativa | Pais podem optar se irão mandar filhos para escola

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, concedeu na manhã desta sexta-feira (18) ao lado do secretário de...

Contarato acusa Governo Bolsonaro de omissão no combate às queimadas no Pantanal e cobra ações

O senador capixaba Fabiano Contarato (Rede) entrou com uma representação na Procuradoria Geral da República pedindo que sejam adotadas...

Prefeitura diz que fiscaliza, mas bares continuam causando aglomerações na Serra

Mesmo com os bares lotados e muitas reclamações de falta de fiscalização nesses estabelecimentos, a Prefeitura da Serra diz...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A limpeza que foi feita pela Prefeitura da Serra e durou apenas um dia. Foto: Divulgação

Um ponto viciado de lixo foi limpo na Avenida Brasília em Serra Dourada II na última terça-feira (12) mas na quarta-feira (13) já havia entulho no local. A limpeza que foi feita pela Prefeitura da Serra e durou apenas um dia.

Atualmente o município gasta 7 milhões para manter limpo os 600 pontos irregulares de descarte de lixo pela cidade.

A Prefeitura pede que os moradores colaborem mantendo os pontos viciados limpos, a fim de  evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya.

O pequeno gerador também pode dar uma destinação correta ao entulho produzido. O projeto João de Barro, em andamento no bairro Novo Porto Canoa, recebe móveis e eletrodomésticos, além de recolher móveis em bom estado após agendamento. Para conferir mais informações sobre o projeto, clique aqui.

Móveis também podem ser entregues no João de Barro. O projeto também é utilizado para a destinação temporária de poda e resíduos da construção civil de carroceiros e pequenos geradores da região. O material reciclável é destinado às associações de catadores do município. Já os móveis, que estiverem em boas condições de uso, são doados.

Para denunciar o descarte irregular de lixo, o morador pode ligar na hora do flagrante para 3251-7658 / 3251-5833.

Comentários

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Contarato acusa Governo Bolsonaro de omissão no combate às queimadas no Pantanal e cobra ações

O senador capixaba Fabiano Contarato (Rede) entrou com uma representação na Procuradoria Geral da República pedindo que sejam adotadas medidas judiciais e extrajudiciais imediatas...

Prefeitura diz que fiscaliza, mas bares continuam causando aglomerações na Serra

Mesmo com os bares lotados e muitas reclamações de falta de fiscalização nesses estabelecimentos, a Prefeitura da Serra diz que realiza ações para tentar...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!