18.7 C
Serra
sexta-feira, 29 de Maio de 2020

Lideranças políticas reagem ao pronunciamento de Jair Bolsonaro

Leia também

Com 569 mortes por Covid-19, Estado investiga outros 41 óbitos suspeitos

Quarenta e um óbitos estão sendo investigados no ES para saber se as pessoas morreram de Covid-19. O Espírito...

Shoppings da Grande Vitória poderão abrir a partir de segunda

A partir da próxima segunda-feira - dia 1º de junho - os shoppings centers da Grande Vitória poderão abrir...

Sobe para 2.374 o número de casos confirmados de coronavírus na Serra

Continua subindo o número de casos confirmados de coronavírus na Serra. De acordo com a última atualização divulgada pela...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Agência Brasil

Lideranças políticas capixabas reagiram ao pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro na noite desta terça-feira (24), em rede nacional. Durante seu discurso, chamou a atenção o governante se referir ao Covid-19 como “gripezinha”, se referir de forma sarcástica à imprensa e, o mais grave, conclamar as pessoas a retornarem às suas rotinas, o que na prática significa o fim da quarentena.

Entre os políticos capixabas, os primeiros a se manifestarem foram os senadores Rose de Freitas e Fabiano Contarato; além do deputado Felipe Rigoni.

Em seu Twitter, a senadora Rose de Freitas (PODE) disse que o presidente da República perdeu totalmente o senso de responsabilidade pública, “a despeito do alerta que vem sendo veiculado pelas maiores autoridades médicas do País. Ele insiste em desestabilizar a verdade e promover dúvidas que desorientam o caminho de muitos que precisam de posições e esclarecimentos, que possam ajudar a salvar diversas vidas diante desta gravíssima pandemia”.

Outro que repudiou o discurso do presidente oi o senador Fabiano Contarato (Rede). “Bolsonaro, com suas palavras irresponsáveis, mostra total desprezo por quem pode morrer. Mostra-se pequeno, mesquinho e ganancioso. Só se preocupa com a economia e com os ricos. Não importa quantos inocentes morram”, disparou.

O deputado federal Felipe Rigoni disse em seu Twitter que “não é com um pronunciamento simplista e irresponsável que resolveremos a crise do país. É inconcebível que o chefe maior de uma nação venha a público contrariar recomendações dadas por especialistas de todo o mundo, inclusive do próprio Ministério da Saúde, em meio à pandemia que causou milhares de mortes em diferentes países”.

O deputado federal Helder Salomao (PT) disse que Bolsonaro “passou de todos os limites! Fez pronunciamento em rede nacional e mostrou, mais uma vez, o seu despreparo para o exercício da Presidência da República. Ao invés de anunciar medidas para combater a grave crise econômica, o desemprego e oferecer proteção ao povo brasileiro, neste momento de pandemia do coronavírus, de forma irresponsável, leviana e desonesta, atacou a liberdade de imprensa, os prefeitos e governadores e estimulou o desrespeito às recomendação da OMS, do Ministério da Saúde e das autoridades sanitárias de todo o mundo. De forma absurda, coloca o nosso povo em risco. Bolsonaro é, hoje, a maior ameaça para o nosso país”, avaliou.



Comentários

Mais notícias

Shoppings da Grande Vitória poderão abrir a partir de segunda

A partir da próxima segunda-feira - dia 1º de junho - os shoppings centers da Grande Vitória poderão abrir as portas com restrições que...

Sobe para 2.374 o número de casos confirmados de coronavírus na Serra

Continua subindo o número de casos confirmados de coronavírus na Serra. De acordo com a última atualização divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!