28.7 C
Serra
segunda-feira, 13 de julho de 2020

Hartung é citado como o “mestre” político de Luciano Huck

Leia também

Com diminuição nos casos e óbitos diários, Serra registrou somente uma morte nas últimas 48 horas

Mesmo com o Espírito Santo ultrapassando a triste marca de duas mil mortes causadas pelo coronavírus no último domingo...

Sine da Serra vai dar curso e os melhores terão emprego garantido

A Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda da Serra (Seter), em parceria com uma empresa prestadora de serviço para...

Opinião TN: O sucesso do governo Bolsonaro

Se tem uma frente em que o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) está tendo sucesso é a do...
Yuri Scardinihttps://www.portaltemponovo.com.br
Morador da Serra, Yuri Scardini é o editor de política do Tempo Novo. Além de sua área, o jornalista, escreve para outras editorias do portal.

Hartung é listado como “mestre” de Luciano Huck. Foto: Divulgação

A relação entre o ex-governador Paulo Hartung (sem partido) e o apresentador da TV Globo, Luciano Huck, está cada vez mais estreita. Essa construção começou a se desenhar em meados do ano passada, pelas mãos do economista Armínio Fraga, que apresentou Hartung à Huck.

Em recente reportagem no estilo ‘perfil’, o site Uol listou o ex-governador capixaba como o “mestre” de Luciano – que articula condições de ser candidato a presidente da República em 2022.

Vale lembrar que em recente evento na Universidade de Vila Velha (UVV), Luciano Huck já teria dito que Hartung é seu “mestre Miyagi”, fazendo referência ao clássico do cinema ‘Karate Kid’.

De acordo com Armínio Fraga, ao site do Uol, antes de Huck conhecer Hartung, ele “já tinha respeito pelo competente gestor e dedicado homem público”, e hoje “a relação escalou para o nível pessoal e de perto os contornos se potencializaram”, afirmou o economista.

A reportagem citou também as passagens de Hartung pelo comando do Governo do Estado e lembrou das marcas positivas, como o equilíbrio fiscal e a combate ao crime organizado, mas também ressaltou a paralisação da Polícia Militar ocorrida em fevereiro de 2017 durante o terceiro mandato de Hartung.

O ex-governador tem dito no meio político que seu ciclo eleitoral no Espírito Santo teria se esgotado. No entanto, lideranças políticas próximas à Hartung afirmam que ele continua mantendo tentáculos de influência nos bastidores da política capixaba.

Hartung na Serra

Hartung da posse a Vandinho na Secti,. Foto Divulgação

Na Serra, é possível dizer que o político mais próximo do eixo hartungista é o deputado Vandinho Leite (PSDB), que foi secretário de Ciência e Tecnologia durante a última gestão do ex-governador. Vandinho se auto intitula “independente” no arranjo de forças da Assembleia Legislativa, e neste ano tem sido um dos deputados mais críticos a gestão do governador Renato Casagrande.

 

No final de 2018, Hartung esteve presencialmente dentro da PMS para assinatura de convênios com Audifax. Foto: Divulgação

Além dele, o prefeito Audifax Barcelos (Rede) se aproximou de Hartung em 2018, e de acordo com informações, até hoje ambos mantêm algum tipo de contato. No final do ano passado, Hartung liberou R$ 23 milhões em convênio entre Estado e Prefeitura da Serra para obras de mobilidade urbana e compra de equipamento na área da saúde. Convênios estes que foram inicialmente suspensos por Casagrande, e posteriormente retomados.

 

Vácuo político abre espaço para novo grupo

Amaro Neto, Audifax Barcelos, Erick Musso, Alexandre Xambinho e Roberto Carneiro: o novo grupo político no ES pode tomar corpo com lideranças da Serra. Foto: Divulgação

Na ausência de Hartung, formou-se uma lacuna de poder a ser ocupada no ES. Neste sentido, um grupo liderado pelo presidente da Assembleia Erick Musso, situado no Republicanos, vem articulando a formação de um novo polo, que se compõe por político majoritariamente jovens, como o próprio Erick, além de Amaro Neto e pelo diretor da Ales, Roberto Carneiro.

Orbitam também lideranças da Serra, como o deputado Alexandre Xambinho (Rede), Flávio Serri, o já citado Vandinho Leite, que traz consigo o deputado Lorenzo Passolini (sem partido), entre outros.

 

 

Comentários

Mais notícias

Sine da Serra vai dar curso e os melhores terão emprego garantido

A Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda da Serra (Seter), em parceria com uma empresa prestadora de serviço para uma siderúrgica, está oferecendo vagas...

Opinião TN: O sucesso do governo Bolsonaro

Se tem uma frente em que o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) está tendo sucesso é a do meio ambiente. Sim, você não...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!