22.6 C
Serra
domingo, 05 de julho de 2020

Governo Inclui motoristas de transporte escolar e aplicativos de passageiros no Juro Zero

Leia também

Projeto garante teste gratuito de coronavírus a doadores de sangue

Tramita na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei versa sobre a inclusão de testes para detecção da Covid-19 em...

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12...

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Motoristas de aplicativo podem participar do Juro Zero. Foto: Agência Brasil

Profissionais autônomos cadastrados no órgão municipal, estadual ou nacional responsável estão autorizados a realizar empréstimo de até R$ 5 mil sem juros, com carência de seis meses. O Governo do Estado emitiu circular informando aos seus agentes de crédito a alteração na Linha de Microcrédito Emergencial COVID-19, mais conhecida como “Juro Zero” e que inclui estas categorias entre os beneficiários. Também estão aptos os contribuintes individuais da Previdência Social.

Entre as principais categorias beneficiadas, estão os profissionais de Transporte Escolar, que precisam estar regularizados junto ao Detran-ES; e os motoristas de aplicativos, a exemplo do UBER e 99 POP, que para fazer o empréstimo devem comprovar o vínculo com a empresa contratante. Os interessados tem que fazer o cadastro no site da Aderes e o dinheiro é liberado pelo Banestes, através do “Fundo de Aval Bandes”.

O Projeto de Lei que inspirou o “Juro Zero” tema autoria do deputado estadual Alexandre Xambinho (PL), que apoia a inclusão de novas categorias no Programa Emergencial. Ele informou que foram realizadas várias reuniões com os representantes da Aderes, do Banestes e do Bandes, sempre reivindicando a inclusão de novas categorias no Juro Zero.

Acrescentou que além dos motoristas de transporte escolar e aplicativos de passageiros, a movimentação garantiu a inclusão no Juro Zero de vários outros profissionais autônomos, a exemplo de produtores culturais, ambulantes, pedreiros, eletricistas, mecânicos e outros. Ele informa, ainda, que vai continuar reivindicando o aumento do empréstimo para R$ 15 mil e a inclusão de todas as microempresas.

Comentários

Mais notícias

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12 de julho, as 16 horas....

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do acompanhante), que alterou a lei...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!