27.5 C
Serra
domingo, 20 de setembro de 2020

Funcionando irregularmente, bares são fechados pela Polícia Militar na Serra

Leia também

Moradora da Serra pede ajuda para continuar cuidando de animais resgatados de maus-tratos

Cuidar de um animal muitas vezes é difícil para algumas pessoas, agora imagine cuidar de 25 cães e ainda...

Serra despenca no ranking de qualidade da educação inicial e não bate meta do Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nas últimas semanas, aponta uma significativa queda da Serra no...

Homem é morto a tiros no meio da rua em Serra Dourada III

Os moradores de Serra Dourada III tomaram um baita suto na madrugada desta sábado (19). É que um homem...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Ação foi realizada na região de José de Anchieta, na Serra. Foto: Divulgação

Mesmo em meio à pandemia causada pelo coronavírus e com um decreto do Governo do Estado que proíbe o funcionamento, muitos bares continuam abrindo as portas e causando aglomerações de pessoas na Serra. A prova disso é que em duas comunidades, a Polícia Militar fechou sete estabelecimentos deste tipo que estavam abertos ao público. Dessa vez, as ações aconteceram na região de José de Anchieta e Jardim Tropical.

De acordo com informações de policiais, todos os bares tiveram que fechar, após a operação de fiscalização. A operação contou com a participação do comandante do 6º Batalhão, tenente-coronel Leonardo Celante e foi realizada na última quinta-feira (13). “Os comerciantes foram alertados quanto à proibição, e todos os estabelecimentos visitados acataram a orientação da PM de fechar as portas”, afirmou o comandante.

Ainda de acordo com o comandante, a operação teve como foco estabelecimentos que estavam descumprindo as medidas determinadas pelo Decreto Estadual nº 4703-R, de 31 de julho, que proíbe o funcionamento de bares até o dia 31 de agosto. “Desde o início da pandemia, o 6º Batalhão vem realizando operações desse tipo, e elas terão continuidade enquanto houver normas de restrição”, destacou.

+ Morador da Serra pega coronavírus pela segunda vez e fica internado na UTI

+ Coronavírus: veja como denunciar aglomerações e festas irregulares na Serra

O TEMPO NOVO já havia publicado uma reportagem com denúncias de bares abertos com até música ao vivo em comunidades da cidade. Apesar da Prefeitura da Serra afirmar que realiza fiscalizações, a situação continua a mesma. E neste fim de semana, anúncios feitos nas redes sociais apontam para mais festas com show em estabelecimentos da cidade.

Na matéria publicada no dia 4 de agosto, a reportagem apurou e confirmou que muitos desses estabelecimentos realmente estavam abertos. O pior de tudo é que grande maioria das pessoas não utilizavam máscara e desrespeitavam o distanciamento social – duas medidas que são extremamente necessárias para conter o avanço da Covid-19. Uma das comunidades que tiveram bares e lanchonetes abertas no fim de semana foi Porto Canoa, durante a noite.

Uma moradora da região, que preferiu não se identificar, questionou sobre o funcionamento irregular desses comércios. “Estamos no meio de uma pandemia que está matando centenas de pessoas e mesmo assim vi bares e lanchonetes funcionando normalmente e lotado de pessoas. Ninguém estava usando máscara e as mesas umas coladas nas outras. Isso é triste e me revolta”, disse a popular.

A reportagem também recebeu denúncias de bares abertos e até com música ao vivo em Parque Residencial Laranjeiras e Colina de Laranjeiras. Pelas redes sociais, cantores e muitos moradores que foram até esses locais publicaram fotos e vídeos em suas redes sociais. Um morador de Laranjeiras também reclama da situação.

Ao TEMPO NOVO, a Prefeitura da Serra afirmou que os casos de aglomerações devem ser denunciados pelo telefone 190, da PM, que funciona 24h por dia. Além disso, a prefeitura recebe denúncias pela Ouvidoria. O funcionamento é das 8 às 17 horas. A denúncia é sigilosa e pode ser feita pelos telefones: 162, 3291-2011 e 0800 283 9780. A população também pode fazer uso dos serviços da Ouvidoria no site (clique aqui para acessar).

Casos de coronavírus na Serra 

Vale destacar que até a manhã deste sábado (15), tinham sido registradas 456 mortes pelo coronavírus na Serra, 12.559 pessoas infectadas e 11.226 moradores curados da doença. A Serra é a terceira cidade com mais casos no Espírito Santo e a líder em mortes no estado.

Comentários

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Serra despenca no ranking de qualidade da educação inicial e não bate meta do Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nas últimas semanas, aponta uma significativa queda da Serra no ranking estadual da qualidade educacional...

Homem é morto a tiros no meio da rua em Serra Dourada III

Os moradores de Serra Dourada III tomaram um baita suto na madrugada desta sábado (19). É que um homem foi assassinado por volta das...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!