27.7 C
Serra
sábado, 28 maio - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Fogo no PSB: sem espaço para dois candidatos a estadual na Serra o clima ferve no partido

Leia também

Campanha de segurança de trânsito alcança 3 mil serranos

Desde o inicio deste mês, o Departamento Operacional de Trânsito (DOT), tendo em vista a campanha de conscientização de...

Polícia prende suspeitos de roubar carro com bebê e criança na frente de creche na Serra

A Policia Civil, por meio da Divisão Especializada de Furtos e Roubos de Veiculos, prendeu em flagrante um dos...

Lei torna hediondo crime praticado contra menores de 14 anos

O Presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.344/2022 que cria mecanismos para a prevenção e o enfrentamento da violência...
Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Filiados do PSB entram em rota de colisão sobre candidaturas a deputado estadual; da esquerda para direita: Bruno Lamas, Prof. Rurdiney, Adriano Galinhão. Fotos: divulgação

O PSB da Serra é o maior diretório municipal da sigla no ES e por isso, é sempre muito requisitado por geralmente ser uma ótima opção para quem quer ser candidato na cidade. Dele, já saiu até prefeito eleito, caso concreto do ex-prefeito Audifax Barcelos, eleito em 2012 pelo PSB à época.

Atualmente, o deputado Bruno Lamas é o expoente do partido na cidade, ele está em seu 2º mandato de deputado estadual e tem sido uma ponte entre o município e o Governo do Estado.

Entretanto, Bruno já vê alguns de seus colegas de partido galgando crescer na carreira pública, o que passa naturalmente, pela disputa do cargo de deputado estadual desse ano.

Esse desencontro de interesses eleitorais pode causar distúrbios no interior da sigla, já que nas duas vezes em que Bruno se elegeu deputado, ele ocupou o espaço de candidato único na Serra. Ainda mais em um contexto em que a Serra deve ter um número expressivo de candidaturas com tamanho robusto, o que pode gerar o chamado canibalismo eleitoral, quando aliados se tornam perigosos uns aos outros.

Além de Bruno Lamas que já é considerada uma candidatura solidificada, pelo menos mais dois filiados buscam se viabilizar eleitoralmente para disputar a vaga de estadual pelo PSB/Serra, são eles os vereadores Adriano Galinhão e Professor Rurdiney. Este último em especial pode atrapalhar muito os planos de Bruno, já que ambos dividem a bandeira da educação como base principal dos seus respectivos mandatos.

“Se o PSB não me der legenda espero que me dê liberação”, diz Rurdiney

Em conversa com a reportagem, Rurdiney prometeu ir até o fim para manter a candidatura e diz que confia na decisão do líder do PSB no estado, o governador Renato Casagrande.

“Tenho conversado constantemente com o governador [Renato Casagrande] e o presidente do partido [Gavini, presidente estadual]. Quando se conta com o aval de um governador tão atuante e que vem fazendo um excelente trabalho à frente do Governo, a caminhada ganha mais corpo [referindo-se à candidatura]. Ambos sinalizaram positivamente para minha candidatura”, disse.

E completou: Tenho um carinho enorme pelo Renato e vou fazer campanha para a reeleição dele. Mas, é importante manter o mandato como comecei, totalmente independente. Nosso projeto de candidatura é modesto e sem recursos financeiros, mas muito sério. Vamos trabalhar firme por nossa principal bandeira que é a Educação. Tenho um respeito enorme pelo partido [O PSB]. Caso não tenha legenda para disputar no atual partido, espero que me concedam a liberação para disputar em outro, não é essa a minha vontade. Quero disputar no PSB. Sou fiel aos meus princípios e vou analisar todos os cenários. Se eu não for candidato será por decisão minha”, disse.

“O partido não é a família Lamas, é a família PSB”, diz Galinhão

A reportagem também procurou o vereador Adriano Galinhão. Ele externou sua parceria com o prefeito Sérgio Vidigal, disse que é candidatíssimo e disparou contra Bruno.

“Sou do PSB; venho candidato a deputado no PSB. Só se houver alguma coisa lá na frente. Mas até hoje sou candidato no PSB, sim. Sou da base de Renato Casagrande, nosso governador, nosso líder maior. Somos aliados ao prefeito Sérgio Vidigal. PSB e PDT andam juntos no Estado e no município da Serra. Sou Vidigal, sou da base do prefeito Sérgio Vidigal, mas tenho compromisso com o meu partido, que é o PSB”.

E afirmou: “E o PSB não é do Bruno Lamas, é dos filiados aqui no município da Serra. Quem é filiado faz parte do PSB, porque aqui é uma família, não é a família Lamas, é a família PSB. Respeitamos o presidente do PSB, mas o PSB é muito maior do que Bruno Lamas”, disse Galinhão.

“O PSB da Serra é Bruno Lamas 100%” e “Galinhão é vidiguete”, rebate Bruno

O deputado estadual Bruno Lamas se pronunciou sobre a possibilidade do partido ter mais de um candidato a estadual na Serra. De acordo com ele, não há racha partidário, mas quem for candidato vai precisar mostrar “trabalho”.

“O partido está de portas abertas. Basta participar, militar e dialogar. Lógico que permaneço no PSB onde estou desde meus 16 anos. O PSB da Serra é Bruno Lamas 100%. Fazemos partido de verdade, somos o maior do estado, com diretório, executiva eleitos em congresso! Somos fortes e unidos. O livro de inscrições para candidaturas está aberto. Fidelidade partidária não é oportunismo”, disse Bruno, e completou: “Galinhão virou ‘vidiguete’ [referindo-se a suposta proximidade política do vereador com o prefeito da Serra, Sérgio Vidigal] e Rurdiney mantém diálogo equilibrado, mas sem cumprir estatuto do partido”, disparou Bruno.

Ele ainda acrescentou que: “A hora é de trabalhar, de fazer entregas. É isso que as pessoas esperam de nós. Bora trabalhar que tem muito mato para capinar. Hora de falar menos e trabalhar mais”, finalizou Bruno.

Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!