23 C
Serra
domingo, 29 de novembro de 2020

Fábio tenta censurar vídeo do vice de Vidigal, mas Justiça nega pedido

Leia também

Veja onde os candidatos a prefeito da Serra irão votar neste domingo

Neste domingo (29), eleitores da Serra estão voltando às urnas para escolher os próximo prefeito e vice-prefeito. E junto...

Idosos voltam às urnas e marcam presença na votação do segundo turno na Serra

A pandemia do novo coronavírus não está impedindo que os idosos voltem às urnas para decidir o futuro da...

Já sabe em quem votar? Confira as considerações finais de Vidigal e Fábio

Cumprindo a determinação da Justiça Eleitoral, os dois candidatos a prefeito da Serra, que disputam o segundo turno, encerraram...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Vidigal, Thiago. Fábio e Audifax. Foto: Divulgação

Além da disputa por votos nas ruas e redes sociais, o segundo turno das eleições municipais deste ano na Serra pode ser palco de batalhas judiciais. Um exemplo disso é que o candidato da Rede, Fábio Duarte, acionou a Justiça Eleitoral para tentar censurar uma transmissão ao vivo feita por Thiago Carreiro – vice da chapa de Sérgio Vidigal (PDT). No entanto, o seu pedido de liminar foi negado. O candidato de Audifax Barcelos (Rede) queria a retirada do conteúdo e seis minutos de direito de resposta.

A decisão contrária à campanha de Fábio Duarte foi tomada na última quinta-feira (19). No documento onde pedia a retirada do conteúdo, o candidato afirmou que Carreiro havia feito declarações ofensivas durante sua live no perfil oficial do Facebook. Por esse motivo, requereu “em tutela de urgência a retirada do conteúdo e concessão de direito de resposta pelo dobro do tempo utilizado pelo representado na transmissão”.

A reportagem do TEMPO NOVO verificou o vídeo citado pelo candidato de Audifax. No conteúdo, o vice de Vidigal agradeceu aos votos recebidos no primeiro turno e afirmou em certo momento: “eles invadem a nossa casa, destroem nosso comitê, vem com ódio, mas nós temos amor no coração e Deus tá na frente, tá?”. Em nenhum momento, Thiago citou o nome de Fábio.

Na decisão, o Juiz Eleitoral, Thiago Vargas Cardoso classificou o pedido de Fábio como “manifestamente ilegítimo” e por esse motivo indeferiu a petição inicial. Pelas redes sociais, Thiago comentou a decisão.

“Esta é a maior e mais definitiva resposta dada às violentas críticas que os adversários estão fazendo contra a minha pessoa. Editaram vídeos meus e tentaram tumultuar os eleitores. Mas o juiz negou qualquer direito de resposta porque viu de que lado está a verdade. Mais uma vez a justiça colocou as coisas no seu devido lugar”, afirmou

Até a finalização deste texto, Duarte não havia se manifestado publicamente. A reportagem apurou que ele fez duas publicações com ataques diretos à chapa de Vidigal: quarta-feira (18) e quinta-feira (19). Numa das postagens ele afirmou o seguinte: “agora são as fake news espalhadas na cidade, pela campanha que condena as fake news. A velha política não toma jeito”.

Veja abaixo o vídeo gravado por Thiago Carreiro:

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!