18 C
Serra
sexta-feira, 29 de Maio de 2020

Evento católico com trio elétrico nas ruas da Sede em dezembro

Leia também

Indústria cobra e Estado diz que está liberando crédito para empresas

Nesta quinta-feira (28) a Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) divulgou carta aberta em que cobra o governo...

Queima de pneus todos os dias incomoda moradores de bairro da Serra

Na região de Feu Rosa e uma parte de Portal de Jacaraípe a reclamação é a fumaça gerada pela...

Covid-19 também provoca epidemia de desemprego na Serra

Locomotiva econômica e município de maior população do ES, a Serra é a cidade com mais demissões nesta pandemia...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

 

O evento vai percorrer as principais ruas da Serra-sede. Foto: Divulgação PMS/Jansen Lube

As ruas da Serra-sede serão palco de um evento diferente no mês de dezembro. Trata-se do Trio da Imaculada – festa católica que percorrerá as principais ruas da Sede com trio elétrico. Será no dia 3 de dezembro (domingo), às 15 horas, dentro das comemorações da da padroeira da Serra, Nossa Senhora Conceição. Logo após os festejos tem missa para encerrar o encontro.

A atração principal é a banda IMC que promete agitar os participantes e fieis com sucessos da igreja católica. O trio fará o mesmo trajeto da procissão de Nossa Senhora Conceição, saindo da igreja matriz e contornando pela rua da parte cima da feira, depois segue pela rua principal do supermercado Falqueto indo até a Prefeitura antiga, passando por trás até o posto Ypiranga e por fim retornando a praça da igreja matriz.

São esperados cerca de três mil jovens, pois a divulgação está sendo feita em paróquias de toda a Grande Vitoria e de Sul a Norte do Estado.

O evento tem à frente o seminarista Marlon Montaia, da Arquidiocese de Vitória e o padre Alceri Francisco, da paróquia Nossa Senhora Conceição. Quem quiser ajudar e pagar a camisa, o valor é R$ 15,00, mas a organização deixa claro, o valor é facultativo (paga quem quiser e puder). 

Comentários

Mais notícias

Queima de pneus todos os dias incomoda moradores de bairro da Serra

Na região de Feu Rosa e uma parte de Portal de Jacaraípe a reclamação é a fumaça gerada pela insistente queima de pneus que...

Covid-19 também provoca epidemia de desemprego na Serra

Locomotiva econômica e município de maior população do ES, a Serra é a cidade com mais demissões nesta pandemia de coronavírus. Em abril, 5.605...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!