28.6 C
Serra
domingo, 24 de Maio de 2020

CORONAVÍRUS NA SERRA

cidade registra 1.777 infectados, 107 mortos e 554 curados

Empresário tem terrenos invadidos por carroceiros e ainda é multado em R$ 100 mil

Publicado em:
Atualizado em:

Leia também

Academias de ginástica do Estado voltam a funcionar nesta segunda-feira (25)

O Governo do Estado liberou as academias de ginástica para voltar a funcionar a partir desta segunda-feira (25), em...

Idosos de asilos da Serra testam positivo para Covid-19

Três residentes de Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs) da Serra testaram positivo para o novo coronavírus. O município...

Mais 12 moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade já registra 107 óbitos

Em apenas 24 horas, a Serra registrou 12 novas mortes causadas pela Covid-19. A informação foi divulgada pela Secretaria...
Eci Scardini
Fundador do Jornal Tempo Novo, Eci Scardini também escreve para editorias do portal.

Terreno de Ronaldo que fica no Cercado da Pedra e foi alvo de pessoas que destruíram e roubaram o material da cerca. Foto: Divulgação

Mais de R$ 100 mil em multas por conta de invasão de terrenos particulares por parte de carroceiros e caçambeiros. Este problema acontece na Serra e o multado é o empresário Ronaldo Campo.

“Todos os terrenos de minha propriedade são murados, cercados e mantidos limpos. Carroceiros e caçambeiros invadem, cortam os arames, arrombam os portões e fazem descarte ilegal de entulhos. A fiscalização Ambiental da Prefeitura da Serra, identifica e me multa por isso”, desabafa o empresário.

Segundo ele, o último problema aconteceu há pouco menos de 15 dias. “Fiz o cercamento de um dos meus terrenos, localizado no loteamento Polo Industrial Cercado da Pedra. Foi feito com o melhor material possível, mandei construir uma cerca com estacas de eucalipto tratadas e fechada com perfil lambri galvanizado. O serviço foi encerrado na sexta-feira – dia 06 de março. Pois na terça-feira – dia 10, os ladrões foram lá e roubaram parte do serviço realizado, era a cerca mais cara de qualquer terreno na Serra. Infelizmente, Eu como empresário e cidadão de bem, já não sei mais o que fazer com toda essa situação. Não consigo, bem usando o melhor material conter furtos e ainda pagar multas por autuações”, desabafa.

Ronaldo conta que em 2019 recebeu R$ 100 mil em multas, lavradas por Auditores Fiscais da Prefeitura da Serra, sempre pelos mesmos motivos: entulho em terreno.

As últimas multas foram no mês de fevereiro deste ano, em um terreno localizado em Valparaíso, totalizando a quantia de R$ 46 mil. “Isso porque o referido terreno encontra-se todo murado com vigilância 24 horas. Esta autuação foi por descarte na calçada que dá nos fundos do terreno”.

Ronaldo pede que a Administração Pública seja mais compreensiva com casos dessa natureza, frisando não ser desmazelo seu e sim infrações cometidas por terceiros de má fé, mas que as consequências e o ônus financeiros recaem sobre os seus ombros.

Comentários

Mais notícias

Idosos de asilos da Serra testam positivo para Covid-19

Três residentes de Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs) da Serra testaram positivo para o novo coronavírus. O município conta com 23 instituições de longa...

Mais 12 moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade já registra 107 óbitos

Em apenas 24 horas, a Serra registrou 12 novas mortes causadas pela Covid-19. A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa)....

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem