26.1 C
Serra
quinta-feira, 29 de outubro de 2020

“Eleição fica comprometida”, diz Helder sobre vazamento de site

Leia também

Veja reação dos candidatos à pesquisa Enquet/TN de eleição para prefeito

Na manha desta quinta-feira (29), os eleitores da Serra puderam conferir os resultados da pesquisa Enquet/TN – que foi...

Justiça proíbe inaugurações na Serra após Audifax citar slogan de Fábio em evento

Acusado de ter feito propaganda eleitoral durante a entrega de uma obra na Serra, o prefeito Audifax Barcelos (Rede)...

Cinema do Shopping Mestre Álvaro reabre para o público com 3 filmes em cartaz

Uma boa notícia para os amantes de cinema que moram na Serra: o Cine Araújo do Shopping Mestre Álvaro,...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Deputado diz que a denúncia é grave e requer investigação imediata da Justiça. (Foto: Rodrigo Pertoti/Câmara dos Deputados/Divulgação)

A repercussão diante da polêmica gerada pela revelação das supostas conversas entre o então juiz (e atual ministro de Bolsonaro) Sérgio Moro e procuradores da Lava Jato continua gerando reações de todos os lados do espectro político brasileiro.

Para comentar a denúncia, divulgada neste fim de semana pelo site jornalístico The Intercept, o TEMPO NOVO está conversando com lideranças locais como o ex-deputado Carlos Manato (leia aqui). Já nesta reportagem, o jornal buscou o deputado federal capixaba Hélder Salomão (PT), que tem sido uma das principais vozes no Congresso em defesa de Lula e da tese do golpe contra a ex-presidenta Dilma Rousseff. O parlamentar avalia a denúncia como “gravíssima”, e ainda classifica como “crime” a conduta de Sérgio Moro.

Segundo ele, considerando o que dizem o Código de Processo Civil e a Constituição Federal, a conduta do juiz e dos procuradores da Lava Jato ficam sob suspeição, assim como toda a investigação. “Ele rasgou as leis brasileiras. Quem julga não pode aconselhar ou orientar nenhuma das partes do processo. E ele [o juiz Moro] aconselhou o procurador de como ele deveria proceder. Nesse caso, o processo está maculado”, avaliou.

Na opinião do deputado, a Lava Jato, na forma como foi conduzida, interferiu diretamente no processo eleitoral de 2018. “Ficou claro que o julgamento de Lula foi político e que foi para interferir no processo eleitoral. E que era preciso fazer toda uma articulação para condenar sem provas. Inclusive, o resultado das eleições fica comprometido. Talvez este seja o maior escândalo da história da nossa República”, disparou Hélder.

Hélder cobra, ainda, providências do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) no sentido de investigar as condutas do juiz e dos procuradores, os quais, segundo o deputado, “exorbitaram suas atribuições e competências”. “O Brasil perde seu status de Estado Democrático de Direito, e as consequências disso são trágicas para a população”, vislumbra Hélder.

Segundo a reportagem do The Intercept, divulgada neste domingo (9), Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol trocaram mensagens de texto que revelam que o então juiz federal teria sugerido ao procurador que trocasse a ordem de fases da Lava Jato, cobrou agilidade em novas operações, deu conselhos e pistas informais de investigação, além de ter antecipado uma decisão; também teria criticado e sugerido recursos ao Ministério Público.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Justiça proíbe inaugurações na Serra após Audifax citar slogan de Fábio em evento

Acusado de ter feito propaganda eleitoral durante a entrega de uma obra na Serra, o prefeito Audifax Barcelos (Rede) está proibido, pela Justiça Eleitoral,...

Cinema do Shopping Mestre Álvaro reabre para o público com 3 filmes em cartaz

Uma boa notícia para os amantes de cinema que moram na Serra: o Cine Araújo do Shopping Mestre Álvaro, em Eurico Salles, reabriu as...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!