• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.066 casos
  • 699 mortes
  • 33.566 curados
26.8 C
Serra
sábado, 23 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.066 casos
  • 699 mortes
  • 33.566 curados

Eleição 2020 | Mais de 2.500 agentes farão segurança nas cidades que terão segundo turno

Leia também

Serra já vacinou 644 moradores contra a Covid-19 e campanha continua nesta sexta

Desde a última segunda-feira (18), a Serra já vacinou 644 pessoas com a primeira dose do imunizante contra o...

Jair Reis, morador antigo de Jacaraípe, morre por complicações da Covid-19

A pandemia de coronavírus fez a Serra perder mais um ilustre morador. Trata-se de Jair Reis que não resistiu...

Contarato diz que chefe do Ministério Público atua como ‘advogado de Bolsonaro’

O posicionamento considerado ‘omisso’ do Procurador-Geral da República, Augusto Aras, sobre a conduta de Jair Bolsonaro na crise sanitária...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Somente da Polícia Militar, serão 2.047 policiais e 243 viaturas, que atuarão no patrulhamento ostensivo comum em 352 locais de votação. Foto: Ana Paula Bonelli

Mais de 2.500 agentes da Segurança Pública irão trabalhar para garantir o andamento do segundo turno das Eleições 2020 na Grande Vitória. A ação será coordenada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), que montou o Centro Integrado de Comando e Controle Estadual (CICC-E), em parceria com as Guardas Municipais, Polícia Federal, Agência Brasileira de Inteligência (Abin), além das forças estaduais.

Somente da Polícia Militar, serão 2.047 policiais e 243 viaturas, que atuarão no patrulhamento ostensivo comum em 352 locais de votação. Além disso, 338 militares do Corpo de Bombeiros e 31 da Força Nacional de Segurança Pública auxiliarão nos trabalhos em campo, com o apoio das Guardas Municipais, de policiais civis nas delegacias, além dos policiais federais.

As votações de segundo turno ocorrerão nas zonas eleitorais de Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica, e serão iniciadas, assim como no primeiro turno, às 7 horas. Até as 10 horas, o horário é destinado para um público preferencial e considerado de risco em relação à Covid-19. Até as 17 horas, todos os eleitores estarão liberados para a ida às urnas.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, afirmou esperar um grande trabalho integrado para garantia total à cidadania. “No primeiro turno, fizemos um excelente monitoramento, que resultou em 13 ocorrências de crimes eleitorais e 17 pessoas detidas, incluindo candidatos. Apesar de haver uma abrangência menor no segundo turno, por serem somente quatro municípios, temos uma grande densidade populacional, o que irá exigir, mais uma vez, um planejamento de todas as instituições, de forma conjunta”, ressaltou Ramalho.

Primeiro turno

Mais de 5.400 agentes de segurança, entre eles policiais civis, militares e bombeiros, foram empenhados no esquema especial de segurança montado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), no primeiro turno das eleições municipais deste ano.

A grande novidade da Operação Eleições 2020 deste ano é a ampliação do Disque Denúncia-181, que poderá receber denúncias anônimas de crimes eleitorais no Espírito Santo, por meio de um ícone exclusivo criado para essa finalidade, e a elaboração do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), confeccionado pela Polícia Militar.

“Em nosso Governo, prezamos pela integração, que é fundamental em um momento tão importante como esse, de eleição. Temos que garantir os direitos dos cidadãos de exercerem a democracia de forma plena, com o voto. Esperamos que corra tudo bem e que haja um pleito tranquilo”, afirmou o secretário Alexandre Ramalho.

Ao todo, foram 1.727 locais de votação, 7.433 Seções Eleitorais, 50 Cartórios Eleitorais e quase 2,9 milhões de eleitores no Estado. O Centro Integrado de Comando e Controle (CICC-E) estará ligado ao Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN), em Brasília, e ao Núcleo de Combate aos Crimes e Corrupção Eleitoral (Nucoe) do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES).

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!