20 C
Serra
sexta-feira, 05 de junho de 2020

Desempregados podem ter isenção sobre multas após rompimento de contratos de telefonia

Leia também

Deputado defende redução de gastos do Governo com publicidade

A Assembleia Legislativa endereçou ao Governo do Estado Indicação 927/2020 para que  apenas realize despesas com publicidade e propaganda...

Cesan vai ter que devolver tarifa de esgoto cobrada indevidamente, diz líder comunitário

A Cesan vai devolver tarifas de esgoto cobradas indevidamente de moradores de Balneários Carapebus. É o que afirma o...

MPF aponta que ES tem menos leitos de UTI do que constam nos dados oficiais

Na tarde desta quinta-feira (4) o Ministério Público Federal (MPF) fez uma denúncia preocupante para o Espirito Santo. O órgão...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

As multas afetam o bolso do consumidor. Foto: Divulgação

Tramita na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 262/2019, que isenta desempregados do pagamento de multas caso cancelem contratos de telefonia. A matéria é de autorizado do deputado Carlos Von (Avante), que tramita na Assembleia Legislativa (Ales).

Conforme a proposta, para ter direito à isenção da penalidade será preciso que o usuário comprove a perda de vínculo empregatício durante o prazo de vigência da fidelidade.

Na justificativa do projeto, o deputado argumenta que a partir do momento em que perde o emprego fica muito difícil para o usuário arcar com o compromisso assumido com a operadora e que, mesmo em situação financeira desfavorável, o contratante do serviço se depara com a obrigação de cumprir o prazo de fidelidade para não ter de pagar multa por cancelamento antecipado.

O PL será analisado preliminarmente nas comissões permanentes de Justiça, Cidadania, Defesa do Consumidor e Finanças, antes de ser votado em plenário.

 
 
Comentários

Mais notícias

Cesan vai ter que devolver tarifa de esgoto cobrada indevidamente, diz líder comunitário

A Cesan vai devolver tarifas de esgoto cobradas indevidamente de moradores de Balneários Carapebus. É o que afirma o líder comunitário local, Anderson Muniz....

MPF aponta que ES tem menos leitos de UTI do que constam nos dados oficiais

Na tarde desta quinta-feira (4) o Ministério Público Federal (MPF) fez uma denúncia preocupante para o Espirito Santo. O órgão disse em sua denúncia que...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!