Deputado cobra aprovação do projeto que cria Comissão de Combate à Violência contra Mulher

O deputado Bruno Lamas é autor da iniciativa. Foto: Divulgação

Diante do aumento no número de casos de violência contra a mulher em todo o país, o deputado estadual Bruno Lamas (PSB) cobrou urgência na votação de um projeto de resolução de sua autoria, que cria a Comissão Permanente de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, sem aumento de custos para o Legislativo estadual. O colegiado não deve gerar custos para o Legislativo.

De acordo com o deputado, caberá à comissão, caso ela seja aprovada, investigar denúncias relativas à ameaça ou à violação dos direitos da mulher vítima de violência doméstica, física, psicológica e moral, além de fiscalizar e acompanhar os programas governamentais relativos à proteção dos direitos da mulher em face de atos de violência.

Será ainda função do colegiado fiscalizar os programas de apoio às mulheres que são chefes de família, monitorar a saúde materno-infantil e neonatal das vítimas de violência nas regiões mais carentes e fazer pesquisas e estudos acerca da situação no Espírito Santo, no Brasil e no mundo.

Em sua justificativa para abertura de uma nova comissão na Assembleia, Bruno destaca que esse tipo de abuso está ligado à posição desigual das mulheres nos relacionamentos, e ao “direito” masculino ao controle sobre bens e comportamentos femininos, de modo que, quando a mulher desafia esse controle ou o homem não pode mantê-lo, se estabelece a violência.

Como consequência, as mulheres são vítimas de traumatismos físicos, gravidez indesejada, aborto, complicações ginecológicas, infecções sexualmente transmissíveis, transtorno de estresse pós-traumático, dentre outros.

Para Bruno, cabe ao Legislativo receber as vítimas e ouvi-las, para mudar esse horizonte, rumo à maior valorização da mulher.

“Assim como existem as comissões de Saúde, Educação e Meio Ambiente, que são permanentes no Legislativo estadual, a criação de um colegiado próprio para discutir e buscar políticas públicas de combate à violência doméstica é uma necessidade urgente. Os índices de feminicídio atingiram números alarmantes. Precisamos dar uma resposta imediata, produzindo políticas públicas e ações para minimizar o problema”, declarou Bruno.

O pedido do deputado ocorre dias após a divulgação de um vídeo que circulou pelas redes sociais, onde pode-se ver o procurador da cidade de Registro, no interior de São Paulo, Demétrius Oliveira Macedo, de 34 anos, espancar com socos e chutes sua chefe hierárquica e colega de trabalho, a procuradora-geral do município paulista, Gabriela Samadello de Barros, 39.

Feminicídio:

O Mapa da Violência mostra que o Brasil ocupou a quinta posição entre os países com maior taxa de homicídios por 100 mil mulheres em 2013. O Espírito Santo, após a pesquisa, passou a ocupar a primeira colocação nos anos de 2014 e 2015 dentre os estados brasileiros. Atualmente, continua em posição de destaque no ranking.

 

 

Serra Podcast

Conheça o Serra Podcast: a nova forma do Tempo Novo se comunicar com você, leitor.

Serra Podcast

Conheça o Serra Podcast: a nova forma do Tempo Novo se comunicar com você, leitor.

Torneio de vôlei adaptado na Serra vai ter atleta de até 100 anos

Neste sábado (9) , a Serra vai receber a primeira etapa da Superliga Melhor Idade Capixaba de voleibol adaptado. Ao todo serão 4 etapas...

Tradicional festa julina da Apae da Serra terá show, comidas típicas e sorteio de TV de 32”

A tradicional festa julina da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais da Serra (Apae) já tem data certa para acontecer. Será no próximo...

STF | Para renovar carteira, motorista terá que apresentar exame toxicológico negativo

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou a regra do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) que exige a comprovação de exame toxicológico negativo para...

Em 6 meses, Guarda Municipal atendeu mais de 7 mil ocorrências na Serra

Números divulgados em balanço oficial nesta terça (5), no primeiro semestre de 2022, mais de seis mil estabelecimentos de diversos bairros da Serra receberam...

Com Covid, Casagrande segue em isolamento, mas mantém agenda on-line

  Ainda se recuperando da Covid-19, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), tem divulgado suas atividades diárias nas redes sociais. Nesta terça-feira, Casagrande divulgou...

“Quando o jornal divulga, a procura é muito maior”: Tempo Novo lança site de empregos na Serra

O Tempo Novo lança oficialmente, nesta quarta-feira (6), a coluna ‘Serra Empregos’ – um canal de divulgação de oportunidades de trabalho, estágio e cursos...

Com mais de 5 mil itens, Dadalto Casa inova em promoções diárias para consumidor da Serra

Inovar e investir em promoções que sejam atrativas diariamente para o consumidor serrano e de regiões vizinhas. Está é a nova cara da Dadalto...

Irmãos surfistas da Serra promovem noite da pizza para participar de torneio nacional

Com o objetivo de ajudar os irmãos Noah e Luca Sathler, de 11 e 8 anos,  a arrecadarem dinheiro para a disputa do campeonato...

Produtos da cesta básica ficaram 13% mais caros na Serra, diz Departamento Nacional

O custo dos produtos da cesta básica de alimentos tem aumentado assustadoramente e deixando a população assalariada de cabelo em pé. De acordo com o...
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!