22.7 C
Serra
sexta-feira, 03 de julho de 2020

Depois de resgate difícil no Mestre Álvaro, homem é levado com diversas fraturas para hospital

Leia também

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12...

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do...

Serra ultrapassa oito mil casos confirmados de coronavírus e atinge 320 mortes

Seguindo na liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Resgate de Marcos no Mestre Álvaro na tarde desta sexta (22). Foto: Jazz Magnago

Após cair de uma altura de 10 metros e ser arrastado por uma cachoeira, Marcos Francisco Santana, mais conhecido como Santana, foi resgatado e levado para o hospital Jayme Santos Neves, em Morada de Laranjeiras.

Segundo Bismarck Jardineiro, da ong Amigos do Mestre Álvaro, Marcos estava consciente, mas muito ferido. O homem quebrou o punho, fraturou o fêmur e lesionou o quadril. Ele está em observação no Jayme Santos.

“Quando o encontramos ele estava consciente e verbalizando, com muitas dores. O seu parceiro de trilha Robson Bonfim era quem mantinha contato comigo e com o Corpo de Bombeiros e nos direcionou ao local exato da queda. Quando chegamos Robson estava junto dele bastante abalado mas já estava se recuperando do choque”, conta Bismarck.

Bismarck falou ainda que o resgate foi difícil devido a condição do tempo que atrasou um pouco a chegada dos Bombeiros. “O trajeto da base até o ponto de resgate é feito a pé e a trilha extremamente molhada e com vários pontos de água cobrindo até a altura do joelho, o que dificultou o resgate. O tempo gasto foi em média uma hora e meia andando em local extremamente acidentado”, conta o ativista.

Santana tem experiência em trilhas e fazia uma trilha na montanha por Furnas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem caiu de uma grande pedra e foi arrastado pelas fortes águas do Mestre Álvaro – nessa época de chuva, várias ‘cachoeiras’ se formam pela montanha.  O Corpo de Bombeiros acionou o helicóptero do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (Notaer) para fazer o resgate do homem.

“Guiei os Bombeiros do início ao fim, juntamente com outros parceiros como Pedrão do Brasil, Carla e Patrick. No local do resgate foi chegando outros amigos dele que também foram importantes no apoio moral. A mobilização foi bacana”, destaca Bismarck.

Confira vídeo do resgate / Sargento Bertold (Corpo de Bombeiros)

Comentários

Mais notícias

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do acompanhante), que alterou a lei...

Serra ultrapassa oito mil casos confirmados de coronavírus e atinge 320 mortes

Seguindo na liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de oito mil moradores infectados e...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!