[secondary_title]

Delegado da Polícia Civil participa de série gravada em periferia da Serra com atriz global

- PUBLICIDADE-
As imagens foram captadas nas ruas de Central Carapina e contaram com a participação de mais de 20 jovens no elenco. Foto: Divulgação

A produtora cultural e atriz capixaba, Eliza Rosa, irá lançar em setembro uma nova websérie que está sendo gravada na periferia da Serra e que tem por objetivo mostrar a realidade da vida de milhares de jovens que por algum motivo acabam por seguir a triste “carreira no tráfico de drogas”.

Um dos diferenciais da produção é a participação do delegado de Polícia Civil Alexandre Campos que atua no DPJ de Laranjeiras.

A série Central Favela está sendo gravada no bairro Central Carapina por meio do projeto social encorpado pela atriz que tem em seu currículo diversas passagens por novelas globais, como ‘Liberdade, Liberdade’ e ‘Novo Mundo’.

A websérie retrata violência e disputa pelo tráfico de drogas entre os jovens. “Retrata principalmente a rivalidade entre dois jovens de uma comunidade pela disputa do tráfico. Escolhemos Central Carapina por conta do índice de criminalidade que é altíssimo”.

As imagens foram captadas nas ruas do bairro e contaram com a participação de mais de 20 jovens no elenco, fora o pessoal que faz figuração em alguns momentos da série.

As gravações começaram em maio. De acordo com Elisa, foram três meses de gravação e cinco de preparação do material que será lançado na própria comunidade em setembro deste ano.

Além de escrever o roteiro da websérie, Eliza interpreta a mãe de um jovem viciado que é o protagonista da história.

Os alunos foram preparados por Veronica Gomes e a direção é de Matheus Muniz.

“Resolvemos unir a segurança pública com a problemática de tráfico de drogas para mostrar que eles também estão engajados no social”, disse Eliza.

Eliza compartilha suas experiências e conhecimentos ajudando jovens em situação de vulnerabilidade social.

“Dou preparação para os alunos gravarem espetáculos, séries, curtas e longas metragem. Essas produções são lançadas num canal do YouTube. Durante a pandemia já fizemos duas séries, uma retratou a violência doméstica vivida por muitas mulheres, relacionamento abusivo, e a outra estamos terminando e trata de um conflito entre duas irmãs”, adianta a atriz e professora de teatro.

Homem de 34 anos morre após bater carro na traseira de ônibus do Transcol na Serra

Ricardo Gomes, mecânico e fisiculturista de 34 anos, morreu após seu carro, um Fiat Punto, colidir com a traseira de um ônibus do Sistema...

A explicação do que significa Audifax e Vidigal descontraídos e juntos em cima do palco

Na noite da última quarta-feira (21), o Jornal Tempo Novo celebrou seus 40º aniversário e lançou o livro "Serra: a história de uma cidade",...

Alimentação de tartarugas é destaque em evento do projeto Tamar neste domingo

Neste domingo (25), o Projeto Tamar, em Vitória, abre suas portas para um evento especial de conscientização e interação com a natureza, que acontecerá...

Voluntários promovem ação de limpeza e educação ambiental em Costa Bela

Neste sábado (24) vai ter ação de limpeza nas areias da praia de Costa Bela, na Serra. A atividade começa às 8h30 e quem...

Evento na Serra terá consulta com oftalmologista gratuita neste sábado

Neste sábado (24) o bairro Balneário Carapebus vai receber a primeira edição deste ano do Serra + Cidadã. O mutirão de serviços será realizado...

Serra é a quarta cidade do Brasil onde mais choveu em 24 horas

A Serra foi a quarta cidade onde mais choveu no Brasil em um intervalo de 24 horas. O levantamento foi divulgado pelo Climatempo —...