24.6 C
Serra
sexta-feira, 05 de junho de 2020

Definidos membros da CPI dos Maus-tratos contra Animais

Leia também

Prefeitura diz que nascente ressurgiu após reflorestamento no Parque da Cidade

Três olhos d’água que abastecem o curso do córrego Laranjeiras brotaram no Parque da Cidade após anos de trabalho...

Obrigado, ambientalistas serranos

Num momento em que as políticas de proteção ao meio ambiente sofrem pesado revés no Brasil, fica ainda mais...

Com ausência de Porto, Cabo Puppim quer manter vivo o DNA de direita na Câmara: “recebi uma missão”

Aos 43 anos de idade, o policial reformado e advogado, Bruno Puppim, se vê diante de um novo desafio:...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada na Assembleia Legislativa do ES para apurar denúncias de maus-tratos contra animais agora já tem seus integrantes definidos.

O anúncio foi feito na segunda-feira (16) pelo presidente da Casa, Theodorico Ferraço (DEM). Inicialmente, o grupo terá 90 dias para desenvolver seus trabalhos.

A comissão terá como membros efetivos a deputada Janete de Sá (PMN), que foi a autora do requerimento que criou o colegiado, e os deputados Amaro Neto (SD), Doutor Hércules (PMDB), José Esmeraldo (PMDB) e Marcos Bruno (Rede). Os suplentes serão Raquel Lessa (SD), Erick Musso (PMDB) e Luzia Toledo (PMDB).

“A CPI foi criada em decorrência dos níveis elevados de maus-tratos contra animais em nosso Estado. Esse é um problema que acontece na Grande Vitória e no interior. Nós identificamos que a legislação é frouxa e viabiliza a impunidade. Vamos debater a questão de forma mais ampla e trabalhar para a adoção de políticas públicas de proteção animal. Vamos receber as denúncias e investigar os casos apresentados que não foram resolvidos pela Justiça e pela polícia”, disse Janete.

A parlamentar ainda informou que ao final dos trabalhos a CPI irá encaminhar o relatório para o Ministério Público Estadual (MPES) tomar as devidas providências e para a CPI dos Maus-Tratos que está em funcionamento na Câmara dos Deputados.

Comissionados

Ferraço também leu o Ato 2.757/2016, que distribuiu as vagas partidárias para a Comissão Especial criada para apurar dentro de 90 dias a localização e a quantidade de servidores comissionados em Órgãos e Poderes do Estado e se a legislação referente ao assunto está sendo cumprida. As vagas ficarão com o PSD (autor do pedido), PMDB e PR.

 

Comentários

Mais notícias

Obrigado, ambientalistas serranos

Num momento em que as políticas de proteção ao meio ambiente sofrem pesado revés no Brasil, fica ainda mais evidente a importância dos ativistas...

Com ausência de Porto, Cabo Puppim quer manter vivo o DNA de direita na Câmara: “recebi uma missão”

Aos 43 anos de idade, o policial reformado e advogado, Bruno Puppim, se vê diante de um novo desafio: "contribuir com a mudança da...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!