• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 34.768 casos
  • 697 mortes
  • 33.306 curados
29.5 C
Serra
quinta-feira, 21 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 34.768 casos
  • 697 mortes
  • 33.408 curados

Crescem especulações da ida de Sueli para Correios

Leia também

Vidigal diz que vai tomar a vacina contra o coronavírus: “a ciência tem que ser respeitada”

Com o início da vacinação contra o coronavírus em todo o Brasil, inclusive no Espírito Santo, surgiu uma dúvida...

Mais de 96% dos pacientes infectados pelo coronavírus já estão curados na Serra

Apesar de ser a segunda cidade capixaba com o maior número de casos confirmados e mortes por coronavírus, a...

Empresas da Serra abrem 180 vagas de emprego para nível fundamental e médio

Empresas da Serra abriram, nesta quinta-feira (21), 180 vagas de emprego com preferência para moradores da cidade. As oportunidades...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A secretária de Ação Social do ES diz que não toma decisão sem aval de Hartung. Foto: Divulgação

Por Conceição Nascimento / Yuri Scardini

Crescem as especulações no mercado político sobre mudanças na Secretaria de Estado de Ação Social e Políticas para as Mulheres (SEASM), pasta que tem indicação do PDT regional e atualmente é ocupada pela ex-deputada federal Sueli Vidigal. O provável destino da pedetista é o comando estadual dos Correios e a cadeira de secretário de Ação Social iria para o deputado Josias da Vitória (PDT).

Fontes de dentro do PDT afirmam que a possível saída de Sueli é um desejo dela e do seu marido, o atual deputado federal, Sérgio Vidigal (PDT). O motivo para a mudança seria a insatisfação com o atual cargo, em razão de não ter autonomia administrativa perante a pasta.

As especulações ganham força, uma vez que o responsável pela indicação de diretor dos Correios nos estados é o ministro das comunicações, que desde outubro é ocupada pelo pedetista André Figueiredo, que era presença garantida na convenção do partido aqui no ES na última semana, mas não pode vir devido à crise política que se acentuou com abertura do processo de impeachment.

Para ocupar a SEASM, o nome mais cotado é do deputado estadual Josias Da Vitória. Com a vaga aberta na Assembleia Legislativa, quem assumiria a cadeira é o primeiro suplente, Luiz Durão, também do PDT.

Um deputado que não quis se identificar afirmou que “os Correios interessam à família Vidigal, pois é uma instituição que dá poder político e nomeia bons cargos, além do Durão entrar com mais musculatura no tabuleiro eleitoral”.

Apesar das especulações, o estatuto dos Correios diz que no estado as funções gerenciais serão exercidas somente por empregados do quadro pessoal da instituição, porém o mercado político trabalha na perspectiva de que a nomeação é viável e ocorrerá.

A assessoria da secretária Sueli Vidigal informou que desconhece a informação. E acrescentou que Sueli não tomaria nenhuma decisão sem antes conversar com o governador Paulo Hartung, e que ela se sente honrada por fazer parte da sua equipe de governo.

Em nota Sergio Vidigal, presidente regional do PDT, diz que não tem conhecimento de qualquer alteração na Secretaria mencionada.

Já o deputado Josias Da Vitória disse que não recebeu nenhum convite.

 

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!