Comerciantes em pânico com rotina de arrombamentos na Serra | Portal Tempo Novo

Serra, 24 de outubro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 28 de setembro de 2018 às 10:35

Comerciantes em pânico com rotina de arrombamentos na Serra


Após bandidos usarem carros para arrombar loja de eletrodomésticos em Laranjeiras instalou barreiras na calçada em plena avenida Central. Foto: Fábio Barcelos

Clarice Poltronieri

Seis lojas arrombadas em menos de uma semana em Laranjeiras. Esse tem sido um cenário que desafia a segurança pública não só no principal pólo comercial da Serra, mas também em outros bairros da cidade e ainda em outros municípios capixabas. No último fim de semana, só em Laranjeiras foram cinco arrombamentos e na madrugada de quinta (27) pelo menos mais um na madrugada desta quinta-feira (27).  Situação que tem gerado pânico entre comerciantes.

Na loja Kauf, segundo a gerente Tatiane Silva, os danos maiores foram com a infraestrutura. “Não deu tempo de levarem muita coisa, mas gastei R$2,4 mil para recolocar a porta e R$400 com vigilantes enquanto o serviço não ficava pronto. Também vou gastar mais R$7mil para colocar uma porta extra de aço”, disse.

Na loja Pétala, também não levaram muita coisa, mas o investimento para melhorar a segurança vai pesar no bolso, diz o gerente Rodrigo Vasconcelos. “Levaram algum dinheiro que estava no caixa, mas depois disso vou colocar portas de aço nesta e na outra loja, que vai custar uns R$10mil. Quando vim pra Laranjeiras, a maioria das lojas tinha porta de vidro, agora todos trocam pelas de aço”, relata.

Recentemente, duas lojas da rede Sipolatti sofreram três arrombamentos entre julho e agosto: a loja de Laranjeiras no dia 21 de agosto; e a de Porto Canoa que sofreu dois arrombamentos em menos de 15 dias (27/07 e 07/08).

Em Jacaraípe, a loja Simonetti também foi arrombada com o uso de carros por duas vezes este ano: uma em junho e outra em janeiro.

Apesar das ocorrências e da sensação generalizada de insegurança entre os comerciantes, o secretário de Defesa Social da Serra, Jailson Miranda, que também é Coronel da PM, diz que os casos estão caindo.

“Os roubos e furtos a estabelecimentos comerciais reduziram cerca de 40%. Este ano, no primeiro semestre foram 264 na Serra e em 2017, foram 441. Mesmo com a crise na segurança pública que ocorreu em 2017 percebemos redução. Também tivemos redução de 46% no roubo/furto a veículos e 40% nos homicídios, o que nos aponta melhora”, explica.

Casos ‘explodiram’ com movimento da PM

Durante a crise na segurança pública com o aquartelamento da PM em fevereiro de 2017, na Serra foram pelo menos 48 lojas que sofreram saques ou tentativas no polos comerciais de Laranjeiras, Jardim Limoeiro, Feu Rosa, Jacaraípe, Porto Canoa e Serra-Sede. A apuração foi feita pelo TN junto a lideranças comerciais dos bairros.




O que você acha ?

Você já brigou com amigos e familiares por conta de política?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por