Chapas da Fams refletem disputa política na Serra

0
Chapas da Fams refletem disputa política na Serra
Audifax x Vidigal: estratégia de apoio do movimento popular. Foto: Divulgação

Conceição Nascimento

Tida como um termômetro do que vai acontecer no pleito de outubro, a rivalidade eleitoral pelo controle da Federação das Associações de Moradores da Serra (Fams), terá o seu fim no próximo dia 16 de abril quando serão eleitos os novos dirigentes, mas por hora, as movimentações de lideranças serranas, que incluem vários vereadores, seguem fervendo.

A instituição tem sob sua custódia 126 associações de moradores e é alvo da cobiça de políticos. Também está em jogo a escolha dos novos coordenadores da Assembleia Municipal do Orçamento (AMO), responsável por acompanhar e fiscalizar o andamento das obras definidas para o Orçamento Participativo (OP) anualmente.

Atualmente dois blocos se formaram para a disputa. De um lado está o grupo da base de apoio de Audifax, como PV, PSB e PTC. A chapa que se formará desta composição deverá ser encabeçada pelo atual coordenador da Amo, Jean Cassiano (PSD), e na vice Deborah Alves (PTC), presidente da Associação de Moradores de Laranjeiras. Nesta chapa, a coordenação geral da Amo poderia ficar com o PV, na figura de Edinaldo Fernandes, membro da equipe do governo.

Na outra ponta está um bloco formado pelo PDT, PT e Pros e cujas lideranças são aliadas do ex-prefeito Sérgio Vidigal (PDT). Ainda não foi confirmado um nome de consenso para encabeçar esta chapa, mas especula-se que Marilene Almeida (PDT), que é atual vice-presidente da Fams, pode ser a candidata a presidente. A vice na chapa seria Norma Souza (PT). Para a coordenação da Amo o nome deste bloco seria Anacleto Ramos (Pros).

O vereador Basílio da Saúde confirma o bloco encabeçado pelas três legendas e diz que sua agremiação pleiteia a Amo. “Juntando as forças dos três partidos nós ganhamos a Federação”, avaliou.

Corre por fora, de forma independente, Guilherme Lima, filiado ao Pros, e que ocupa função comissionada na Prefeitura da Serra.

Já o PSDB afirma que lançará candidato. “Deliberamos candidatura própria à Fams e à Amo, mas ainda não escolhemos os nomes”, disse Vandinho Leite.

Congresso

O 14º Congresso da Fams está marcado para o dia 16 de abril (sábado), entre 8h e 13h, na escola Iolanda Schneider, em Porto Canoa, quando serão eleitos os novos dirigentes do colegiado. Podem votar delegados escolhidos nas assembleias de bairros, até o dia 31 de março, membros da atual diretoria e coordenadores de área

Comentários