23.2 C
Serra
quinta-feira, 02 de abril de 2020

Ceturb muda itinerário de ônibus e prejudica estudantes de faculdade na Serra

Leia também

Morre paciente com suspeita de coronavírus no ES

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informou na noite desta quarta-feira (1°) que está investigando a morte de...

Governo do ES confirma 22 casos de coronavírus na Serra

A Serra tem oito novos casos confirmados de coronavírus. A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde...

Guarita de salva-vidas é incendiada em praia da Serra

Uma guarita suspensa para salva vidas ao lado da lagoa de Carapebus foi destruída por incêndio. A guarita ficava...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A mudança foi na linha 860 que faz Terminal de Laranjeiras x Terminal de Jacaraípe. Foto: Fábio Barcelos

Uma mudança no itinerário da linha do Transcol – 860 que faz  Terminal de Laranjeiras/Terminal de Jacaraípe – está causando transtornos para os estudantes da Faculdade UCL, em Morada de Laranjeiras.

Isto porque, a mudança afeta diretamente quem estuda na instituição, já que o ônibus que antes tinha parada em frente a Faculdade, agora terá como parada mais próxima da escola, o hospital Jayme dos Santos Neves.

Segundo os estudantes, o local é ermo, não possui comércios e nem casas o que torna o trajeto do ponto do ônibus do hospital à UCL perigoso. Para tentar fazer com que a Ceturb retorne com o itinerário do 860 como era feito antigamente, um abaixo assinado virtual foi criado e já contava com a assinatura de 1.292 até a manhã desta sexta-feira (28).

“A mudança foi uma surpresa pois foi feita durante as nossas férias, e tanto eu quanto outros alunos ficamos sabendo isso por meio de rede socia. Está sendo uma experiência bem ruim, já que agora quem vai para Jacaraípe, por exemplo, tem que andar até o hospital Jayme para ter acesso a linha ou então ir para a ES 010 e pegar outros ônibus e as duas opções são bem perigosas principalmente à noite, já que naquela região ocorrem assaltos com bastante frequência. Para quem vai para Laranjeiras também acabou ficando ruim porque mesmo tendo o 815 que ainda passa ali na frente,  para quem estuda a noite o ônibus vem lotado do Ifes e nem sempre cabe todo mundo. Aí o pessoal tem que ficar esperando até vir o próximo ônibus”, reclama a estudante de Arquitetura e Urbanismo, Geniliz Lima Nunes, que mora em Residencial Jacaraípe.

Cursando Engenharia da Computação na UCL, Gabriel dos Santos Silva, que mora em Vila Nova de Colares também não gostou da mudança. “Com a nova rota do 860, que foi adotada pela Ceturb sem nenhum tipo de consulta, estou tendo que andar da faculdade até o Hospital Jayme Santos Neves para conseguir pegar ônibus, visto que o 815 (Ifes/ T. Laranjeiras) está passando na faculdade superlotado e boa parte das vezes não há mais espaço para todos os alunos da UCL, além de todo o perigo de caminhar por cerca de 1km em uma via pouco iluminada e cercada por matos altos, não consigo mais pegar o ônibus que costumava pegar para voltar pra casa, causando um transtorno ainda maior, pois como as aulas noturnas acabam por volta de 22h os horários dos ônibus passam a ser reduzidos para os bairros”, reclama.

Gabriel ainda disse que para ele o transtorno ainda é um pouco menor por trabalhar em Vitória. “O transtorno todo ainda é reduzido para mim, visto que dependo do 860 apenas no horário de voltar para casa após a faculdade, como trabalho no Centro de Vitória não dependendo diretamente do 860 para fazer o trajeto de ida para a faculdade. Os alunos que costumavam pegar o 860 para o trajeto no sentido Jacaraípe, alguns estão optando ir para Laranjeiras e de lá ir para Jacaraípe, visto que o ponto para Jacaraípe que fica na ES-010 é extremamente perigoso tarde da noite, onde o movimento quase inexistente, torna-se ainda menor”.

Helyandra Meireles dos Santos Paulo, estuda Arquitetura e Urbanismo e sua casa é em Morada de Laranjeiras, próximo a faculdade, mas mesmo assim, ela conta que a situação gera transtorno. “Fizemos um abaixo assinado para tentar fazer com que a Ceturb retorne com o itinerário do 860 como era antes. Essa linha circula ali desde 2013 e não entendemos porque essa mudança agora e sem nenhum tipo de consenso entre os usuários. É uma região sem movimento e se torna muito perigosa, mesmo durante o dia”.

Já a Ceturb-ES disse que em 15 dias vai dar um parecer sobre as propostas feitas pela Faculdade UCL para dizer se serão viáveis de serem atendidas.

Comentários

Mais notícias

Governo do ES confirma 22 casos de coronavírus na Serra

A Serra tem oito novos casos confirmados de coronavírus. A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) na noite desta quinta-feira...

Guarita de salva-vidas é incendiada em praia da Serra

Uma guarita suspensa para salva vidas ao lado da lagoa de Carapebus foi destruída por incêndio. A guarita ficava na areia da praia de...

Em 24 horas, Espírito Santo confirma 25 novos casos de coronavírus

Em apenas 24 horas, o Espírito Santo registrou 25 novos casos de coronavírus. A informação foi divulgada pelo governador Renato Casagrande (PSB), durante um...

Ufes desenvolve escudo facial para pessoal da saúde combater coronavírus

Fruto de pesquisa desenvolvida no Centro Tecnológico e do Centro de Ciências Exatas da Ufes, o Espírito Santo deve ganhar em breve reforço na...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem