20.7 C
Serra
quarta-feira, 22 setembro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Cartório que presta serviço como escritura, casamento e nascimento terá que atender em até 30 minutos

Leia também

Vendaval destrói poste e deixa bairro da Serra sem energia elétrica

O vendaval da noite desta terça-feira (21) está deixando estragos em alguns bairros da Serra. Em Vila Nova de Colares,...

Calorão na Serra dá lugar a chuva e ventos de até 40 km/h nessa quarta-feira

No dia em que marca a passagem para a Primavera no Hemisfério Sul, o avanço de um sistema frontal...

Assembleia Legislativa aprova regras para gratuidade em ônibus

  Deputados estaduais aprovaram nesta quarta-feira (21) o Projeto de Lei Complementar 24/2021, que faz ajustes à Lei Complementar 971/2021....
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

A emenda é do deputado Bruno Lamas ao projeto de lei de autoria do presidente do Tribunal de Justiça, Ronaldo Gonçalves de Sousa, que promove a reestruturação das serventias extrajudiciais no Estado. Foto: Divulgação

Uma emenda aditiva do deputado estadual Bruno Lamas (PSB), que obriga os cartórios extrajudiciais a realizar o atendimento ao público externo no período máximo de 30 minutos, foi aprovada nesta terça-feira (3) pela Comissão de Justiça da Assembleia Legislativa e deverá reduzir as longas filas nesses locais.

Pela proposta do parlamentar, os cartórios deverão se adequar com a estrutura e funcionários suficientes.

Os cartórios extrajudiciais prestam serviços notários e de registros, como escrituras, registros de Imóveis, registros de nascimento, casamento.

“Com a emenda, buscamos atender às necessidades da população diretamente afetada pelo uso cotidiano dos serviços. Busca-se garantir a eficiência e celeridade no atendimento ao público que, em algumas localidades, enfrenta longas filas e dificuldades”, justificou o deputado.

A emenda do parlamentar foi ao projeto de lei de autoria do presidente do Tribunal de Justiça, Ronaldo Gonçalves de Sousa, que promove a reestruturação das serventias extrajudiciais no Estado, em cumprimento às determinações da Lei Federal nº 8.935/94 e manifestações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O projeto agora está sob a análise da Comissão de Finanças, que pediu vista.

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!