Canudos de plástico em estabelecimentos da Serra podem ser proibidos | Portal Tempo Novo

Serra, 22 de outubro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Política

Serra, 30 de agosto de 2018 às 10:23

Canudos de plástico em estabelecimentos da Serra podem ser proibidos


O projeto de lei foi aprovado pelos vereadores e agora segue para a sansão ou veto do prefeito da Serra. Foto: Divulgação

Gabriel Almeida

Os canudos de plástico estão com os dias contados em restaurantes e outros estabelecimentos do município da Serra. Isso porque foi aprovado na tarde da última quarta-feira (29), na Câmara da Serra, um projeto de lei que obriga os comerciantes e ambulantes a usarem apenas canudos de papel biodegradáveis e recicláveis.

O projeto de lei 112/2018 ainda exige que os restaurantes, bares, lanchonetes, barracas de praia e ambulantes que não cumprirem a exigência sejam multados em R$ 2 mil. O projeto é do vereador Geraldinho PC (PDT) e depois da aprovação dos vereadores segue para a sansão ou veto do prefeito Audifax Barcelos (Rede).

De acordo com o vereador, o projeto foi feito pensando no meio ambiente que sofre com os canudos de plástico. “Tudo que não é biodegradável não consegue ser decomposto de rapidamente forma natural. E os canudos não fazem mal apenas para a natureza como para os seres humanos. Pode causar até câncer”, explica.

Proibição em outros municípios 

Vários municípios do Brasil estão proibindo a utilização dos canudos de plásticos. A primeira cidade do País a proibir a utilização deste material foi o Rio de Janeiro.

No Espírito Santo, a Câmara de Vereadores de Vila Velha também aprovou a proibição dos canudos de plástico. O Projeto de Lei nº 3.201/18 foi aprovado no último dia 20 desse mês.




O que você acha ?

Você já brigou com amigos e familiares por conta de política?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por