25.7 C
Serra
terça-feira, 30 novembro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Câmara contrata laboratório para analisar qualidade do esgoto tratado na Serra 

Leia também

Direitos Humanos | Serra vai ter mutirão para retificação de gênero e de nomes de pessoas trans

No dia 10 de dezembro se comemora o Dia Internacional dos Direitos Humanos.  E na Serra vai ter uma...

Prefeitura vai reforçar iluminação em bairros da Serra com extensões de rede

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria de Serviços (Sese), anunciou que sete bairros da Serra vão ganhar reforço...

ES terá audiências públicas para mostrar diagnóstico de ações para reduzir riscos de inundações

Ao longo dos meses de dezembro deste ano e janeiro de 2022, o Governo do Estado, discutirá a macrodrenagem...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Os vereadores: Marlon Fred, Elcimara Loureiro, Rodrigo Caldeira e Anderson Muniz. Foto divulgação

Nesta quarta-feira (14) parlamentares membros da CPI do Saneamento reuniram-se com o presidente da Câmara Municipal da Serra, Rodrigo Caldeira para assinar a ordem de serviço para a contratação de um laboratório independente para analisar a qualidade do tratamento do esgoto que a Cesan e Ambiental Serra realizam na Serra.

Essa ação ocorre em meio à fase de oitivas onde diversas personalidades estão prestando depoimentos a respeito do saneamento básico da cidade. Serão analisados também vários corpos hídricos onde são lançados os efluentes tratados e estudos do laboratório irão indicar os impactos ambientais. O objetivo é de fato comprovar se o efluente tratado está em conformidade com a legislação ambiental.

Para o vereador e presidente da CPI, Anderson Muniz, a contratação desse laboratório é essencial pois vai legitimar todas as ações fiscalizatórias que estão sendo realizadas pela CPI. “Estamos tocando os trabalhos de forma destemida, e com a total disposição de levar verdade sobre o tratamento de esgoto da nossa cidade.”

Muniz tem levantado a bandeira de suspensão da taxa de esgoto cobrada pela Cesan nas contas de água do município, esta taxa compreende 80% do valor da conta para pessoa física e 100% para pessoa jurídica, fazendo com que o morador pague um valor alto.

“Estamos pagando um valor alto para ver nosso esgoto ser jogado em nossos rios, córregos e lagoas. Queremos suspensão dessa taxa abusiva já. Uma auditoria feita pelo Tribunal de Contas do Estado apontou inúmeras inconsistências que serão apuradas, ” declarou o presidente da CPI.

 

 

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!