21.3 C
Serra
terça-feira, 20 de outubro de 2020

Buraco gigante é consertado em Colina de Laranjeiras

Leia também

Estudo internacional vai avaliar risco de câncer com o pó preto

Avaliar a contaminação por metais no corpo humano e em animais aquáticos da Grande Vitória expostos ao pó preto,...

Alerta | Tuberculose já contaminou quase 100 pessoas este ano na Serra

Quase 100 pessoas foram infectadas pela tuberculose na Serra. Segundo a Prefeitura da Serra até hoje (19), 97 casos...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O buraco foi consertado, mas Prefeitura ainda está finalizando sinalização. Foto: Junior Nass

Após se reabrir pela terceira vez em uma das avenidas mais movimentadas do bairro Colina de Laranjeiras, o buraco gigante foi consertado, novamente, pela Prefeitura da Serra. O Município estimava que a obra ficaria pronta em seis meses, mas os serviços foram concluídos antes do prazo. Agora, após fechar a cratera, a Prefeitura está finalizando a sinalização do trecho.

Logo no primeiro dia de outubro do ano passado, o buraco pela terceira vez no mesmo local – Avenida Barão dos Cocais, ao lado da obra do Hospital Materno Infantil. Desta vez o problema foi ainda mais sério, já que um veículo caiu dentro do buraco gigante e duas pessoas ficaram feridas.

Na ocasião, a Prefeitura pediu desculpa para as vítimas – que tiveram que ser levadas para a Unidade de Pronto Atendimento de Carapina (UPA) por conta dos ferimentos.

Após algumas semanas, no mesmo mês, a Prefeitura começou as novas obras para resolver o problema. Para o TEMPO NOVO, o Município explicou que foram realizadas obras emergenciais, e por esse motivo, ainda não tem o valor exato que foi gasto no conserto. Assim que a sinalização for finalizada, esse valor será contabilizado.

R$ 80 mil nas duas primeiras obras

Nas duas primeiras vezes – dezembro de 2018 e fevereiro de 2019 – nenhum acidente aconteceu quando a cratera se abriu. O Município gastou cerca de R$ 80 mil para resolver o problema, mas a cratera surgiu novamente e todo dinheiro gasto desceu junto com a terra.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Alerta | Tuberculose já contaminou quase 100 pessoas este ano na Serra

Quase 100 pessoas foram infectadas pela tuberculose na Serra. Segundo a Prefeitura da Serra até hoje (19), 97 casos da enfermidade foram confirmados na...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!