23.7 C
Serra
quinta-feira, 04 de junho de 2020

Bandidos invadem Conselho Tutelar e levam computador com dados sigilosos

Leia também

Cesan vai ter que devolver tarifa de esgoto cobrada indevidamente, diz líder comunitário

A Cesan vai devolver tarifas de esgoto cobradas indevidamente de moradores de Balneários Carapebus. É o que afirma o...

MPF aponta que ES tem menos leitos de UTI do que constam nos dados oficiais

Na tarde desta quinta-feira (4) o Ministério Público Federal (MPF) fez uma denúncia preocupante para o Espirito Santo. O órgão...

Serra só terá lockdown se municípios vizinhos também adotarem medida

Com o aumento no número de moradores infectados e mortos pelo coronavírus, a Prefeitura da Serra está estudando a...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O Conselho Tutelar de Laranjeiras fica entre os bairros de Valparaíso e Parque Residencial Laranjeiras. Foto: Arquivo TN

Na madrugada desta quarta-feira (8), bandidos invadiram o Conselho Tutelar da Regional Laranjeiras, que fica entre os bairros Valparaíso e Parque Residencial Laranjeiras. Os criminosos roubaram um computador com dados restritos, televisões, bicicletas, comidas, dinheiro, e uma botija de gás.

De acordo com um funcionário, que não se identificou, os bandidos quebraram a porta e os cadeados para invadir a unidade, além de ter desligado a energia do imóvel. Existem suspeitas de que o alvo dos bandidos era o computador que continha dados sigilosos. Os criminosos não levaram outros computadores.

O funcionário disse ainda que registros, cadastros com nomes e telefones com todas as informações das famílias atendidas foram perdidos. “O computador roubado era servidor e tinha muita informação restrita. Os bandidos também jogaram processos na rua em meio a chuva, ou seja, muitos dados perdidos. Fizeram uma bagunça, levaram tudo que tinha lá, até pertences de conselheiros”.

O conselheiro disse ainda que desde 2016 as quatro regionais do Conselho Tutelar no município estão sem vigilante. “Essa é uma das nossas maiores cobranças. Precisamos de vigilante, sem isso não conseguimos atender a comunidade na regional que era nosso ponto de apoio para estes atendimentos noturnos e final de semana, que era feito justamente na unidade de Laranjeiras. Se precisássemos de telefone, computador, usávamos o de lá. Hoje o Conselho funciona com o plantão, mas em casos desse tipo de atendimento, temos que nos virar, fazer no meio da rua, no bar, no DPJ, ou seja, em locais inadequados”.

A reportagem demandou a Prefeitura da Serra sobre a reclamação dos conselheiros da falta de segurança que disse que todos os Conselhos Tutelares possuem porteiros. Mas não falou sobre a questão da segurança de vigilante nas regionais. Sobre o plantão, a assessoria da Prefeitura da Serra disse que o Conselho Tutelar trabalha em regime de prontidão e não de plantão. Ou seja, os conselheiros trabalham de segunda à sexta-feira, das 8 às 18 horas, nos Conselhos. Fora desse período de trabalho os profissionais, em casa, ficam com celular institucional, carro e motorista à disposição. O deslocamento acontece, apenas, após avaliação da necessidade e filtro das informações.

 

e assim que a demanda for respondida será publicada neste espaço.

Comentários

Mais notícias

MPF aponta que ES tem menos leitos de UTI do que constam nos dados oficiais

Na tarde desta quinta-feira (4) o Ministério Público Federal (MPF) fez uma denúncia preocupante para o Espirito Santo. O órgão disse em sua denúncia que...

Serra só terá lockdown se municípios vizinhos também adotarem medida

Com o aumento no número de moradores infectados e mortos pelo coronavírus, a Prefeitura da Serra está estudando a possibilidade de adotar o lockdown...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!