Baixo efetivo policial da Serra é tema de debate na Assembleia Legislativa

0
Baixo efetivo policial da Serra é tema de debate na Assembleia Legislativa
A segurança na Serra foi tema de reunião na Asseeembleia Legislativa nesta quarta-feira (29). Foto: Divulgação

Um policial militar para cada grupo de 770 habitantes.  Em função do seu baixo efetivo policial, a Serra pautou uma reunião nesta quarta-feira (29), na Assembleia Legislativa, conduzida pela Comissão Especial de Segurança do município. O colegiado recebeu o tenente-coronel Marcelo Tavares de Souza, comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM) da cidade.

Segundo informações do comandante, existe um PM para cada grupo de 770 habitantes, em média, na Serra. No entanto, há companhias pertencentes ao 6º Batalhão cuja proporção policial-cidadão salta para 1.400, explicou o tenente-coronel. A recomendação da Organização das Nações Unidas (ONU), o ideal é a relação de 1 policial para cada 250 habitantes. 
São 545 policiais sob o comando do 6º Batalhão e mais um contingente subordinado à Companhia Independente da PM para o município da Serra, que não faz parte do 6º BPM.

O presidente da Comissão Especial de Segurança da Serra, deputado Alexandre Xambinho (Rede), revelou sua preocupação com a situação do município. “São 545 policiais cuidando da maior cidade do estado, número muito reduzido. Precisamos melhorar o efetivo e criar mais um batalhão na cidade”, propôs.

A Comissão Especial da Segurança Pública da Serra que se reuniu nesta quarta (29) também tem como membro o deputado Vandinho Leite (PSDB), vice-presidente do colegiado.

 
 
Comentários
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.