25.2 C
Serra
sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

Audifax declara gastos de campanha na página do partido

Leia também

Moradores de Barcelona inauguram árvore de natal com festa e Papai Noel

Acostumados a não ter iluminação de natal pública na comunidade, alguns moradores de Barcelona com o apoio de comerciantes...

Bolsonaro sanciona lei que aumenta saque do FGTS para R$ 998

O limite do saque imediato das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) passou de R$...

Estado vai contratar professores em Designação Temporária com salário de até R$ 3.732

A Secretaria da Educação (Sedu) divulgou os editais com as normas do Processo Seletivo para contratação de professores em...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

O prefeito continua em estado grave. Foto: Divulgação
O prefeito é candidato à reeleição. Foto: Divulgação

Por Conceição Nascimento

Quatro dias após o encerramento da campanha e três após o fechamento das urnas, o prefeito Audifax Barcelos (Rede) ainda não declarou seus gastos de campanha na página do candidato no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As informações estão disponíveis na página destinada aos partidos.

Em seu perfil de candidato, divulgou uma modesta arrecadação de campanha. O valor declarado foi R$ 80.220,00. Neste montante, R$ 27.880,00 seriam fruto de doações por pessoas físicas e R$ 52.340,00 de fundo partidário.

Segundo o advogado especialista em Direito Eleitoral, Hélio Maldonado, toda arrecadação tem 72 horas para ser informada. Ele também explicou o funcionamento das declarações sobre despesas.

“Existem também duas prestações de contas, sendo uma delas parcial e a final, 30 dias após o pleito. Ele já descumpriu os prazos das prestações de contas parciais. Isso pode gerar rejeição de contas por parte do Ministério Público Eleitoral”, disse.

A reportagem entrou em contato com a assessoria do prefeito para comentar o assunto, mas até o momento não obteve retorno.

Outros candidatos

Já os outros quatro candidatos às eleições majoritárias da Serra já divulgaram seus gastos de campanha no primeiro turno das eleições. As informações estão disponíveis na página do TSE.

Sérgio Vidigal (PDT) informou receita de R$ 542.779,00 e despesas em R$ 548.141,00. Gideão Svensson (PR) declarou receita de R$ 105.200,00 e despesas de R$ 27.577,75. Givaldo Vieira (PT) divulgou receita de R$ 69.637,50 e despesas de R$ 50.216,42.

Nicodemos Venturini (PPL) teve a candidatura impugnada e aguardando julgamento de recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Seus votos ainda não foram contabilizados. Declarou receita de R$ 5.650,00 e despesas de R$ 2.600,00.

 

Comentários

Mais notícias

Bolsonaro sanciona lei que aumenta saque do FGTS para R$ 998

O limite do saque imediato das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) passou de R$ 500 para o valor do...

Estado vai contratar professores em Designação Temporária com salário de até R$ 3.732

A Secretaria da Educação (Sedu) divulgou os editais com as normas do Processo Seletivo para contratação de professores em Designação Temporária (DT) para atuar...

Acidente entre ônibus e caminhão deixa feridos na Serra

Na manhã desta quinta-feira (12), um ônibus e um caminhão se envolveram em um acidente na principal Avenida de Morada de Laranjeiras, na Serra....

Upa de Castelândia começa a funcionar neste domingo

Com um investimento de R$ 9 milhões, a Prefeitura da Serra vai inaugurar neste sábado (14), a Unidade de Pronto Atendimento (Upa) de Castelândia....

Você também pode ler

Conteúdo patrocinado

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!