22.6 C
Serra
sábado, 04 de julho de 2020

Assembleia Legislativa analisa fim do auxílio-moradia no Governo

Leia também

Projeto garante teste gratuito de coronavírus a doadores de sangue

Tramita na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei versa sobre a inclusão de testes para detecção da Covid-19 em...

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12...

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Foto: Gilberto Paulino

Tramita na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei Complementar 12/2019, que propõe o fim do auxílio-moradia para autoridades e gestores do Poder Executivo. O benefício é pago a secretários e comissionados provenientes de outras unidades da federação.O benefício é pago a secretários e comissionados provenientes de outras unidades da federação.

O PLC 12/2019 propõe a revogação da Lei 266/2003, que instituiu o auxílio. A quantia corresponde ao pagamento mensal de 30% do subsídio ou do vencimento do servidor público do alto escalão. 

O projeto tem autoria do deputado Lorenzo Pazolini (sem partido. Ele cita como exemplo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), que gastou R$ 106 mil com o pagamento de auxílio-moradia, somente nos primeiros três meses deste ano. O parlamentar lembra ainda que o objetivo é a redução de gastos do Executivo, que editou nos primeiros dias de governo de Renato Casagrande (PSB). o Decreto 4.350-R,  que estabelece medidas de contingenciamento e de racionalização de gastos do Poder Executivo Estadual nos primeiros 120 dias de 2019.

A matéria terá análise prévia das comissões permanentes de Justiça, de Cidadania e de Finanças antes de ser votada pelo Plenário. 

Comentários

Mais notícias

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12 de julho, as 16 horas....

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do acompanhante), que alterou a lei...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!