22.7 C
Serra
terça-feira, 11 de agosto de 2020

Assaltos dentro do Terminal de Laranjeiras assustam usuários do Transcol 

Leia também

Retorno das aulas presenciais preocupa autoridades do Estado

Autoridades políticas criticam o anúncio do governo do Estado de que deve retornar as aulas, após o período de...

Opinião: professora diz que retorno às aulas é irresponsabilidade e vai expor profissionais e alunos ao coronavírus

* Fabíola dos Santos Cerqueira | Professora de Sociologia da rede estadual * Hilton Dominczak | Sociólogo Nos últimos cinco meses, desenvolvemos Pesquisas...

Vereadores da Serra adiam votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)

Após entrar em pauta para votação nesta segunda-feira (10), o projeto de lei contendo a Lei de Diretrizes Orçamentárias...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Os assaltos estão acontecendo nas paradas de embarque que ficam dentro do terminal. Foto: Gabriel Almeida / Arquivo TN

Quem utiliza o sistema Transcol já tem que lidar com a insegurança e o medo diariamente nos coletivos, mas agora, o problema parece que está se estendendo para dentro dos terminais. Na semana passada, dois passageiros estavam aguardando seus ônibus no Terminal de Laranjeiras e foram assaltados. Os dois casos chamaram atenção dos usuários do transporte público que agora temem novos roubos e pedem mais segurança.

Na última sexta-feira (2), um jovem estava na parada de embarque da linha 812 – que faz Terminal de Laranjeiras a Serra Dourada II – quando, por volta das 11h, foi abordado por um criminoso armado que roubou seu celular. A mãe do garoto assaltado, Suely Rodrigues, conversou com o TEMPO NOVO e desabafou: “ninguém ajudou”. De acordo com ela, o filho ficou muito assustado com a situação e o sentimento é de revolta.

“No caso do meu filho, ninguém ajudou. Acho um absurdo o cidadão de bem ter o direito de ir e vir usurpado pela bandidagem dentro de um terminal. Difícil de explicar, já que a gente paga imposto, mas a segurança que é um direito, não se tem”, desabafa a mãe do jovem.

> Rodoviários ameaçam nova greve nos ônibus do Transcol

Já o outro caso aconteceu na terça-feira (31), quando Styve Vitorino estava na parada de embarque da linha 843 – Terminal de Laranjeiras ao Terminal de Carapina – quando também foi assaltado. O crime aconteceu por volta das 18h, quando o jovem estava voltando de seu serviço e indo para sua casa. O bandido, também armado, levou seu celular.

“Foi no final da tarde. Meu filho estava voltando do seu dia de estudo e trabalho quando foi abordado pelo criminoso. Foi no ponto do 843 que fica dentro do Terminal de Laranjeiras e o bandido levou o aparelho celular dele”, explica a mãe de Styve, Tatiane Vitorino.

Viaturas circulam nos terminais, garante Polícia Militar

O TEMPO NOVO entrou em contato com a Polícia Militar informando sobre os roubos e questionando quais ações serão feitas para aumentar a segurança dentro dos terminais da Grande Vitória, mas a PM não apresentou nenhuma nova medida. Por meio de nota, se limitou a dizer que viaturas circulam pelos terminais e atendem a todas as ocorrências quando são acionadas via 190.

“A Polícia Militar destaca que o apoio de toda a população é muito importante e pede apoio para que denunciem os indivíduos que agem nos terminais e também nos ônibus. As informações podem ser repassadas por meio do Disque-Denúncia (181) ou pelo site”, disse em nota.

Ceturb diz que só faz segurança patrimonial

A reportagem também acionou a Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Ceturb) e fez os mesmos questionamentos apresentados para a Polícia Militar. Mas por meio de nota, a companhia disse que a segurança dos terminais é somente patrimonial e os seguranças acionam a polícia “sempre que é necessário”. A Ceturb disse ainda que as imagens das câmeras ficam a disposição dos órgãos de segurança para ajudar na elucidação de crimes.

Comentários

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Opinião: professora diz que retorno às aulas é irresponsabilidade e vai expor profissionais e alunos ao coronavírus

* Fabíola dos Santos Cerqueira | Professora de Sociologia da rede estadual * Hilton Dominczak | Sociólogo Nos últimos cinco meses, desenvolvemos Pesquisas com alunos do Ensino Médio...

Vereadores da Serra adiam votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)

Após entrar em pauta para votação nesta segunda-feira (10), o projeto de lei contendo a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2021 foi retirado da...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!