24 C
Serra
domingo, 17 de novembro de 2019

Arte das costureiras vira vestido que colore as quadrilhas juninas

Leia também

Óleo já está em Nova Almeida e Jacaraípe e ameaça também água de serranos

Aconteceu. O petróleo que contamina há mais de dois meses a costa do Nordeste chegou às praias da Serra....

Você adoça seu cafezinho?

Considerando que você utilize um sachê tradicional de 5 gramas por xícara e por dia consuma 3 xícaras de...

Barro na água faz Cesan interromper abastecimento na Serra

Os moradores da Serra, Fundão e Viana  vão ficar sem água nesta sexta-feira (15). Isto porque tem muito barro...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Márcia é costureira e, nesta época, fica repleta de encomendas para festas juninas. Foto: Ana Paula Bonelli

Para muita gente, festa junina não é só quentão, canjica, quadrilha, fogueira e diversão. É também tempo para botar a mão na massa e gerar renda extra para a família. Das mãos das costureiras saem verdadeiras obras de arte que brilham durante a dança da quadrilha que agita diversos bairros da Serra.

Com muito laço, fita, tecido e bordado, a costureira Márcia Alves Peixoto, que está na profissão desde os doze anos, dá vida aos vestidos juninos, julinos e agostinos. Ela conta que costura o ano inteiro, mas que é nessa época do ano que sua criatividade aflora. “Faço modelos exclusivos com muito amor e carinho e amo vê-los sendo usados tanto por homens quanto por mulheres”, destaca Márcia, que aluga os figurinos para ambos os sexos. Sua loja PXT Vestuário fica em Laranjeiras.

Outra que se dedica à arte é Idalina Bonelli, há mais 35 anos. Ela costura de tudo um pouco, mas declara que confeccionar vestidos juninos ajuda até mesmo a distrair a cabeça. “Posso colocar em prática toda minha imaginação nas roupas”. Idalina mora em Laranjeiras, não tem loja, mas faz vestidos para amigos e por encomenda.

Da Serra Sede, Fátima Murta costura há mais de 50 anos e aprendeu o ofício sozinha quando ainda era criança. Ela conta que começa a confeccionar os vestidos em fevereiro. “Mas terei que começar a partir do ano que vem em novembro, pois a demanda está enorme. Faço para todas as idades, desde bebês até adolescentes, adultos e terceira idade. Alugo, vendo e faço por encomenda para todo o estado”, conta Fátima que, começou a costurar no tempo em que ainda se tinha que fazer a linha com algodão. “Fazia o enxoval dos meus irmãos à mão”, conclui.

Arraiás já estão “pocando” pela cidade

Para quem for dançar ou curtir os festejos juninos, nesta sexta-feira (7) vai ter Arraiá na Associação Esportiva Siderúrgica de Tubarão (Aest), na rodovia ES 010, em Manguinhos. Por lá, a festa começa às 18h e vai ter show com a banda AR3, do músico Artur Nogueira que promete botar todo mundo para dançar com um repertório repleto de forró pé-de-serra. Completa a trilha sonora na noite Mazinho Show e Adriano. O valor para entrar é R$ 15 para não sócios; sócios do clube não pagam. Também vai ter comidas e bebidas típicas, além de quadrilha das crianças e improvisada e sorteio de brindes.

No sábado (8) tem Arraiá na Emef Altair Siqueira Costa, em Jardim Limoeiro. A quinta edição do ‘Eta Escola Boa’ vai ter danças, músicas e comida típicas a partir das 15h30. A escola fica na Rua Humberto de Campos.

Ainda no sábado (8) tem festa cultural na escola municipal Professora Eulália Falquetto Gusmann, em Vila Nova de Colares a partir das 10 horas. Com o tem ‘Quem cuida de mim’ o evento é aberto a comunidade, alunos, professores e conselho de escola. Vai ter muitas apresentações culturais, bazar, comidas típicas e pula-pula.

Já em Feu Rosa, vai ter festança para São João nos dias 21, 22 e 23 de junho, com shows, rifa, quadrilha e barracas com comidas, bebidas e brincadeiras típicas. No palco, o som fica por conta de Beto Gonçalves, Rhayner Liberato e Viviane Miranda. Será na comunidade São João Batista na rua Dália, 09, sempre a partir das 18h.

Comentários

Mais notícias

Você adoça seu cafezinho?

Considerando que você utilize um sachê tradicional de 5 gramas por xícara e por dia consuma 3 xícaras de café, seu consumo diário de...

Barro na água faz Cesan interromper abastecimento na Serra

Os moradores da Serra, Fundão e Viana  vão ficar sem água nesta sexta-feira (15). Isto porque tem muito barro na água  e a alta...

Chuva alaga Vale e eleva risco de vazamento de rejeitos em Tubarão

Localizada na divisa entre Serra e Vitória, a planta industrial de Tubarão da Vale também não escapou dos alagamentos que atingem o ES por...

Fortes chuvas deixam 72 pessoas desalojadas no ES

Apesar de não ter causado grandes estragos na Serra, as fortes chuvas que estão caindo no Espírito Santo desde a madrugada da última quarta-feira...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!