22.1 C
Serra
quarta-feira, 08 de julho de 2020

Após assembleia, greve dos rodoviários chega ao fim

Leia também

Com 278 novos casos em 24 horas, Serra já registra 8.520 moradores infectados pela Covid-19

Continua subindo diariamente o número de casos confirmados de coronavírus na Serra. Sendo a segunda cidade com mais confirmações...

Curados são mais da metade dos casos confirmados de coronavírus na Serra

Mesmo com o aumento diário de moradores infectados pelo coronavírus, a Serra também está se destacando no número de...

Mais 12 moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade registra 348 óbitos

Após algumas semanas registrando uma diminuição no número de mortes diárias causadas pelo coronavírus, a Serra voltou a ter...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Após diversas negociações, as empresas e os rodoviários chegaram a um acordo na tarde desta terça-feira (4). Com isso, a paralisação chegou ao fim e os ônibus devem voltar a circular ainda hoje. Ainda não foi definido como será a retomada da frota, os motoristas tem que se deslocar até as garagens para sair com os coletivos.

A proposta veio por parte do Ministério Público do Trabalho durante uma audiência que começou no final da manha desta terça (4). Os empresários aceitaram a proposta e logo em seguida os rodoviários aprovaram o aumento durante uma assembleia de negociação que aconteceu na Praça Oito, em Vitória. Os  trabalhadores aceitaram o aumento de 4,6% no salário, plano de saúde e ticket.  

Também fazia parte do acordo apresentado que o Sindirodoviários não será multado por ter descumprido a decisão judicial que determinava 70% da frota circulando em horários de pico e 50% nos demais horários. Durante esta terça-feira (4), a GVBus chegou a afirmar que estavam nas ruas menos de 10% da frota dos coletivos, o que causou muitos transtornos para quem utiliza o transporte público. O ponto dos rodoviários também não será cortado. 

O Governo do Estado chegou a afirmar na manhã desta terça (4), que iria entrar com um requerimento no Tribunal Regional do Trabalho pedindo que a multa aplicada no sindicato por descumprimento da liminar fosse aumentada de R$ 200 mil para R$ 500 mil. 

Por meio de nota, o GVBus confirmou que os empresários e Sindirodiviários aceitaram a proposta feita pelo Ministério Público do Trabalho e os rodoviários prometeram voltar à operação imediatamente. Devido a isso, o serviço deve voltar ao normal aos poucos. “A proposta do MP foi levada para apreciação nas assembleias e aprovada pelas duas partes, que oficializaram o acordo no TRT-ES no final da tarde”, disse em nota. 

Mais informações em instantes

Comentários

Mais notícias

Curados são mais da metade dos casos confirmados de coronavírus na Serra

Mesmo com o aumento diário de moradores infectados pelo coronavírus, a Serra também está se destacando no número de pessoas curadas da Covid-19. De...

Mais 12 moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade registra 348 óbitos

Após algumas semanas registrando uma diminuição no número de mortes diárias causadas pelo coronavírus, a Serra voltou a ter altos casos fatais dentro do...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!