19.2 C
Serra
quarta-feira, 03 de junho de 2020

Após assembleia, greve dos rodoviários chega ao fim

Leia também

Lojistas de Laranjeiras marcam novo ato por reabertura total do comércio

Um grupo de lojistas de Laranjeiras promete fazer na manhã desta quarta-feira (03), mais um ato pela abertura total...

Assaltos a mão armada em Chácara Parreiral assusta moradores

  Moradores de Chácara Parreiral reclamam da quantidade de assaltos que tem acontecido no bairro. Segundo eles, roubos e assaltos a...

Visitas seguem suspensas nas unidades prisionais no mês de junho

A Secretaria da Justiça (Sejus) decidiu manter a suspensão das visitas em todas as unidades prisionais do Estado durante...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Após diversas negociações, as empresas e os rodoviários chegaram a um acordo na tarde desta terça-feira (4). Com isso, a paralisação chegou ao fim e os ônibus devem voltar a circular ainda hoje. Ainda não foi definido como será a retomada da frota, os motoristas tem que se deslocar até as garagens para sair com os coletivos.

A proposta veio por parte do Ministério Público do Trabalho durante uma audiência que começou no final da manha desta terça (4). Os empresários aceitaram a proposta e logo em seguida os rodoviários aprovaram o aumento durante uma assembleia de negociação que aconteceu na Praça Oito, em Vitória. Os  trabalhadores aceitaram o aumento de 4,6% no salário, plano de saúde e ticket.  

Também fazia parte do acordo apresentado que o Sindirodoviários não será multado por ter descumprido a decisão judicial que determinava 70% da frota circulando em horários de pico e 50% nos demais horários. Durante esta terça-feira (4), a GVBus chegou a afirmar que estavam nas ruas menos de 10% da frota dos coletivos, o que causou muitos transtornos para quem utiliza o transporte público. O ponto dos rodoviários também não será cortado. 

O Governo do Estado chegou a afirmar na manhã desta terça (4), que iria entrar com um requerimento no Tribunal Regional do Trabalho pedindo que a multa aplicada no sindicato por descumprimento da liminar fosse aumentada de R$ 200 mil para R$ 500 mil. 

Por meio de nota, o GVBus confirmou que os empresários e Sindirodiviários aceitaram a proposta feita pelo Ministério Público do Trabalho e os rodoviários prometeram voltar à operação imediatamente. Devido a isso, o serviço deve voltar ao normal aos poucos. “A proposta do MP foi levada para apreciação nas assembleias e aprovada pelas duas partes, que oficializaram o acordo no TRT-ES no final da tarde”, disse em nota. 

Mais informações em instantes

Comentários

Mais notícias

Assaltos a mão armada em Chácara Parreiral assusta moradores

  Moradores de Chácara Parreiral reclamam da quantidade de assaltos que tem acontecido no bairro. Segundo eles, roubos e assaltos a mão armada tem acontecido com...

Visitas seguem suspensas nas unidades prisionais no mês de junho

A Secretaria da Justiça (Sejus) decidiu manter a suspensão das visitas em todas as unidades prisionais do Estado durante o mês de junho. A...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!