21.1 C
Serra
sábado, 16 de novembro de 2019

Aluno autista lança livro em escola de Feu Rosa

Leia também

Óleo já está em Nova Almeida e Jacaraípe e ameaça também água de serranos

Aconteceu. O petróleo que contamina há mais de dois meses a costa do Nordeste chegou às praias da Serra....

Você adoça seu cafezinho?

Considerando que você utilize um sachê tradicional de 5 gramas por xícara e por dia consuma 3 xícaras de...

Barro na água faz Cesan interromper abastecimento na Serra

Os moradores da Serra, Fundão e Viana  vão ficar sem água nesta sexta-feira (15). Isto porque tem muito barro...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

 

Gustavo durante a tarde de autógrafos na escola Flor de Cactus mostrando uma das frases publicadas no livro que foi criada por ele. Foto: Divulgação

Escrever ajudou um aluno autista de uma escola da Serra a melhorar seu desempenho nos estudos. Trata-se do menino de nove anos, Gustavo Ribeiro Pontes que lançou na tarde da última segunda-feira (4) o livro ‘Pintando o mundo e outras histórias’.

Gustavo estuda na Escola Municipal Flor de Cactus de Feu Rosa e é morador do bairro Vila Nova de Colares.

O livro do pequeno escritor possui 21 páginas e foi confeccionado com a ajuda da professora especialista em Educação Especial, Michele Francisco Feu e da pedagoga da escola Vânia Carla Rodrigues Carneiro.

“O livro trás histórias criativas relacionadas a conteúdos  interdisciplinares e sobre a vivência escolar do aluno. Este trabalho nasceu a partir das atividades desenvolvidas no dia-a-dia da criança já que foi percebido as necessidades de melhor inserção em seu grupo escolar”, conta a professora Michele.

Segundo a educadora, Gustavo é uma criança que gosta de ler, adquirir conhecimentos através da leitura e expressar-se por meio de vídeos em seu canal no You Tube, cujo nome é Irmãos Pori.

“No entanto no contexto escolar ele demonstra resistência natural quanto a escrita. Desse modo surgiu a idéia de potencializar as habilidades cognitivas do aluno, com a realização da elaboração de um livro produzido pelo mesmo com nossa mediação”.

Michele dá aula para Gustavo desde fevereiro deste ano e também atende outro aluno com autismo na mesma escola. “Percebemos que o Gustavo ficou ainda mais feliz e empolgado após o início do trabalho com o livro e investimos ainda mais nisso”.

🖊 Confira algumas imagens da tarde de escritor de Gustavo ⬇

 

Comentários

Mais notícias

Você adoça seu cafezinho?

Considerando que você utilize um sachê tradicional de 5 gramas por xícara e por dia consuma 3 xícaras de café, seu consumo diário de...

Barro na água faz Cesan interromper abastecimento na Serra

Os moradores da Serra, Fundão e Viana  vão ficar sem água nesta sexta-feira (15). Isto porque tem muito barro na água  e a alta...

Chuva alaga Vale e eleva risco de vazamento de rejeitos em Tubarão

Localizada na divisa entre Serra e Vitória, a planta industrial de Tubarão da Vale também não escapou dos alagamentos que atingem o ES por...

Fortes chuvas deixam 72 pessoas desalojadas no ES

Apesar de não ter causado grandes estragos na Serra, as fortes chuvas que estão caindo no Espírito Santo desde a madrugada da última quarta-feira...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!